RSS Facebook Twitter

por Bárbara Silveira no dia 18 de Set de 2014 às 10:30 em Cidade

comentários

Projeto da Prefeitura estende proposta da Orla da Barra para o Rio Vermelho, mas destino do trânsito é incógnita
Foto: Tácio Moreira / Metropress
Morando no bairro da Pituba, a estudante Mônica Lopes, 23 anos, geralmente gasta mais de uma hora no percurso até o trabalho, na Avenida Cardeal da Silva, na Federação. "A pior parte é no Rio Vermelho. Eu fico mais que 40 minutos só para passar do Bompreço até o Largo da Dinha. Pego bastante engarrafamento, tanto para ir, quanto para voltar", reclama a estudante. Se o trânsito já está ruim com a atual configuração - com três faixas no sentido Barra e outras três no sentido Pituba -, não é absurdo temer uma piora após a requalificação da Orla do bairro proposta pela Prefeitura de Salvador. "Vamos ter uma obra bonita, com piso compartilhado, desde a praia da Paciência até o Quartel de Amaralina. Um orçamento de R$ 70 milhões numa obra que tem de tudo. A intenção é fazer igual a da Barra", adiantou o secretário municipal de Infraestrutura, Habitação e Defesa Civil da Prefeitura de Salvador, Paulo Fontana, em entrevista à Metrópole. 

De acordo com o prefeito ACM Neto, a obra já está licita- da e deve ser concluída no prazo de um ano e meio a até dois anos. "Vai ser um projeto gran- de. Somente no Rio Vermelho, nós pretendemos investir mais de R$ 70 milhões, é uma obra cuja extensão é maior do que a da Barra", explica. Enquanto os benefícios para o lazer e melhora da esté- tica da área são absolutamente inegáveis, o modo com que o trânsito da região será afetado ainda é uma grande dúvida. 

ACM Neto confirma problemas 
Questionado sobre os trans- tornos que as modificações podem acarretar no trânsito do bairro que serve como ligação da Orla com a Federação e ave- nidas Garibaldi e ACM, o prefeito se limitou a dar explicações e adiantar o incômodo que será causado no período de obras. "Nosso projeto de requalifi- cação da Orla do Rio Vermelho prevê também um conjunto de ações para melhorar o trânsito, mas eu não posso dizer que no período das obras, que deve durar 12 de 18 a 24 meses, quase o dobro das obras da Barra, pela extensão das intervenções no Rio Vermelho, nós não vamos ter transtornos", afirmou sem dar mais informações sobre as tais ações para melhorar a mobilidade. 

 Ainda segundo Neto, a solução é apelar para a boa vontade do soteropolitano. "O Rio Vermelho, diferente da Barra, é uma área de passagem na cidade, então eu tenho que pedir paciência à população. Nenhuma mudan- ça acontece sem uma dose de sacrifício durante o período de obras, mas eu tenho certeza que o produto que vai ser feito no Rio Vermelho compensará esses transtornos durante as obras". 

Ondina também sem carros?
Segundo o prefeito ACM Neto, além do Rio Vermelho e da Barra, o bairro de Ondina também vai receber o piso compartilhado semelhante ao instalado no trajeto do Farol - onde a passagem de veículos se limitou apenas para moradores das residências que ficam no percurso. 

De acordo com o projeto da ad- ministração municipal, a re- qualificação do trecho vai do Barra Center até as esculturas 'Meninas do Brasil', de Eliana Kertész, em Ondina. "Estamos aguardando ape- nas a autorização da Caixa Econômica Federal para lici- tar a segunda fase da Barra, que vai do Barra Center até a praia da Paciência, incluindo o bairro de Ondina como um todo", explica ACM Neto. 

Projetos não chegaram
Enquanto o prefeito ACM Neto segue empolgadíssimo com a intenção de transformar a Orla de Salvador, os projetos, parece, ainda não são tão conhecidos nas secretarias da administração municipal. O Jornal da Metrópole procurou o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, para tentar saber quais serão as mudanças para os motoristas que trafegam pela Orla, mas foi informado por sua assessoria de imprensa que o assunto ainda não está sendo discutido. 

Versão idêntica forneceu a assessoria da Secretaria de Desenvolvimento Turismo e Cultura. Até o fechamento dessa edição, o secretário Guilher- me Bellintani não comentou as mudanças, com o argumen- to que nada estava certo sobre o projeto. Agora, resta saber se, além dos benefícios para o lazer da cidade, a obra tam- bém vai ser favorável para o trânsito da capital. Como não há informações, está aberta a temporada de apostas.

comentários

por João Brandão no dia 18 de Set de 2014 às 10:10 em Cidade

comentários

Você Repórter: população joga lixo embaixo da placa de proibição
Foto: Rafael de Aquino / Leitor Metro1
Falta de educação ou estágio avançado de cegueira? Esse é o questionamento que fica na cabeça de todos ao se deparar com lixos embaixo da placa da prefeitura, no qual informa que o local é impróprio para essa atividade, na praça de Stella Maris. "Quem faz? O povo mal educado. Quem perde? O próprio povo. Quem ganha? Os pombos da praça", reclamou o leitor do Metro1 Rafael de Aquino.

Se você também tem alguma denúncia, foto ou vídeo, colabore com a reportagem da Metrópole e envie seu material para o Você Repórter pelo e-mail vocereporter@radiometropole.com.br.

comentários

por Stephanie Suerdieck no dia 18 de Set de 2014 às 10:02 em Trânsito

comentários

Barraqueiros fazem manifestação e bloqueiam trânsito em Narandiba
Foto: Reprodução / Aplicativo Waze
Após a Prefeitura retirar algumas barracas de Narandiba, nesta quarta-feira (17), os barraqueiros realizam na manhã desta quinta-feira (18), uma manifestação no bairro, na rotatória do Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira. De acordo com a Transalvador, o grupo protesta contra a ação da asministração municipal e bloqueiam o trânsito na região. Quem puder é melhor evitar a área, pois o tráfego está lento.

comentários

por Felipe Paranhos no dia 18 de Set de 2014 às 09:48 em Política

comentários

Presidente da Bahiatursa admite dívida com Prefeitura: "Empenhados para solucionar"
Foto: Tácio Moreira/Metropress
O presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado, respondeu nesta quinta-feira (18), em entrevista à Rádio Metrópole, as críticas feitas pelo prefeito ACM Neto (DEM), também na emissora, na quarta (17). O democrata acusou a empresa estadual de turismo de não pagar nada da cota de patrocínio referente ao Carnaval de 2014.

Medrado confirmou a dívida, mas disse que vai resolver o problema em breve. "Existe de fato. Estamos ajustando algumas documentações, mas estamos empenhados pra solucionar. Não está a mercê, a desleixo, não. Ontem à noite, conversei com Guilherme, solicitei a atualização das certidões e estamos negociando pra resolver isso de imediato", falou.

"Ontem, por coincidência, quando houve a entrevista de ACM Neto, eu estava com o secretário Guilherme Bellintani ajustando alguns projetos para o verão da Bahia. Foi uma surpresa, porque eu estava realmente alinhando essa pendência", completou.

comentários

por Matheus Morais no dia 18 de Set de 2014 às 09:29 em Política

comentários

Dilma Rousseff deve desembarcar em Salvador na próxima semana
Foto: chiro Guerra/Reprodução
Faltado 17 dias para as eleições, os candidatos à presidência da República estão intensificando suas presenças na Bahia. Prova disso é que já na próxima semana, a petista Dilma Rousseff deve desembarcar em solos baianos, provavelmente em Salvador e Feira de Santana.

Segundo a coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, além de Dilma, o tucano Aécio Neves e Marina Silva (PSB) estão marcados para fazer palanque no estado. Aécio, por exemplo, fará comício nesta quinta-feira (18) em Ilhéus e Itabuna, cidades do sul baiano. Já Marina virá neste sábado (20) a Salvador.

comentários

por Stephanie Suerdieck no dia 18 de Set de 2014 às 09:11 em Cidade

comentários

Prefeitura inicia obra de alvenaria para impedir que o mar invada Praça Wilson Lins
Foto: Divulgação / Agecom Salvadoy
A Prefeitura iniciou a construção de uma alvenaria de pedra para evitar que o mar avance até a Praça Wilson Lins, na Avenida Otávio Mangabeira, a Orla, na região da Pituba, onde estava localizado o antigo Clube Português. A obra é executada pela Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Município (Sucop), com investimento de R$ 678,9 mil. O muro terá altura que varia de três a cinco metros.

Segundo o diretor de Obras da Sucop, Edson Bastos, a intervenção foi necessária devido ao processo de erosão que vinha acontecendo no local. "Se a obra não fosse realizada, o mar acabaria invadindo a praça, danificando sua estrutura e os equipamentos existentes no local, comprometendo uma importante área de lazer e convivência da população", falou.

O trabalho deve ser concluído num prazo de 60 dias.

comentários

por João Brandão no dia 18 de Set de 2014 às 08:58 em Esportes

comentários

"CBF, você é uma vergonha", dispara atacante Emerson Sheik
Foto: Reprodução / ESPN
O atacante do Botafogo Emerson Sheik causou polêmica na última quarta-feira (17) ao criticar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) durante a partida contra o Bahia, no Maracanã. Diversas vezes, as câmeras de televisão flagraram o jogador disparando contra a entidade: "CBF, você é uma vergonha". Com os nervos à flor da pele, aos 14 minutos, o atleta foi expulso após levar o segundo cartão amarelo no jogo. Ao sair de campo em direção ao vestiário, Sheik repetia para a câmera a mesma frase.

Relatado na súmula

O árbitro Igor Junio Benevenuto relatou as ofensas do atacante contra ele e à CBF e ainda as de Julio Cesar, expulso depois do apito final. "... Cumpre informar que o referido atleta havia sido advertido anteriormente por reclamação ao proferir as seguintes palavras a mim: "apita essa p...!". Após ser expulso, o mesmo veio em minha direção e proferiu as seguintes palavras:"safado, sem vergonha, você é um merda, vagabundo, não apita nada! Informo ainda que ao se retirar de campo, o mesmo foi em direção à câmera de tv e proferiu as seguintes palavras: "a cbf é uma vergonha, uma vergonha!", fato observado e relatado a mim pelo quarto árbitro da partida sr. raphael silvano ferreira silva que estava próximo ao referido atleta ", escreveu o juiz.

comentários

por João Brandão no dia 18 de Set de 2014 às 08:40 em Esportes

comentários

"Épico", define Gilson Kleina sobre virada do Bahia contra o Botafogo
Foto: Reprodução / NE Futebol
O técnico do Bahia, Gilson Kleina, comemorou a virada do tricolor baiano sobre o Botafogo, na última quarta-feira (17), no Maracanã. O treinador classificou a partida como "épica", após o time buscar a vitória com o placar adverso no segundo tempo. "Foi um jogo épico por tudo que aconteceu. Tivemos um primeiro tempo muito abaixo do que estávamos esperando. Tomamos um gol de pênalti, que tenho até que me informar se o critério agora é que bola na mão é pênalti, mas depois a equipe buscou. E já que estou falando da arbitragem, achei as expulsões justas. Uelliton tomou uma cotovela e depois teve uma entrada. E depois disso tudo a equipe foi competente", disse.

No segundo tempo, o juiz expulsou Ramirez e Emerson Sheik, ambos do Botafogo, prato cheio para a virada tricolor. "Foi a vitória da paciência quando realmente conseguimos entender que tínhamos uma vantagem numérica. Começamos com três volantes, terminamos com um. Mas não fizemos um bom primeiro tempo. Voltamos com outro espírito do intervalo, outra atitude. A equipe foi merecedora porque teve a competência de virar o jogo. Tivemos uma vitória fora de casa no momento certo", completou.

comentários

por Matheus Morais no dia 18 de Set de 2014 às 08:29 em Cidade

comentários

Governo do estado inaugura nova Avenida Pinto de Aguiar nesta quinta-feira
Foto: Ilustrativa
O governo do estado inaugura na manhã desta quinta-feira (18), às 9h30, a nova Avenida Pinto de Aguiar, que terá, segundo o Executivo Estadual, três faixas em cada sentido, 3,3 quilômetros com sinalização horizontal completa e faixa preferencial para o transporte coletivo, além de passeios, ciclovia e paisagismo. As obras de duplicação foram executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), com investimento de R$ 63 milhões, e fazem parte do Programa Mobilidade Salvador.

comentários

por Milene Rios no dia 18 de Set de 2014 às 08:28 em Cidade

comentários

Acidentes complicam o trânsito na BR-324 e na entrada de Salvador
Foto: Cleidison Bonfim / Moto Repórter
Um engavetamento deixa o trânsito complicado na BR- 324,  na manhã desta quinta-feira (18), no sentido Salvador. De acordo com a Transalvador, o engarrafamento já alcança um longo trecho em ambos os sentidos da via. Não há detalhes de feridos nem quantos veículos se envolveram na colisão.

Já em Salvador, os motoristas enfrentam lentidão na AV. ACM, nos dois sentidos. Além do horário de pico, as obras de modificação do trânsito na via provocam lentidão. Há retenções também em Amaralina,  nas proximidades do Quartel; na Av.  Otávio Mangabeira, a Orla; na Luiz Viana Filho, a Paralela; na Mário Leal Ferreira, a Bonocô; Barros Reis; na Oscar Pontes; Cidade Baixa e na Afrânio Peixoto, Suburbana. 

Além disso, ainda nesta manhã será inaugurada a obra da Av. Pinto de Aguiar, onde a partir de hoje, os motoristas vão trafegar com o trânsito modificado.  A pista foi duplicada. 

comentários

por Matheus Morais no dia 18 de Set de 2014 às 08:16 em Mundo

comentários

4 milhões de escoceses vão às urnas votar independência do país
Foto: Ilustrativa
A decisão se a Escócia deve permanecer no Reino Unido ou se tornar independente vai levar mais de 4 milhões de escoceses às urnas nesta quinta-feira (18). Ao todo, 2.608 locais de votação estão abertos desde as 7h (horário de Londres) e fecharão às 22h. O ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown, um dos líderes da campanha contra a separação, e o primeiro-ministro escocês, Alex Salmond, grande defensor da independência, votaram no início da manhã.

A contagem de votos começa assim que as urnas forem fechadas e deve seguir pela madrugada. O resultado final será divulgado oficialmente às 7h de sexta-feira (19).

Segundo a Agência Brasil, nesta quarta-feira (17), as duas campanhas, a favor e contra a independência, fizeram grandes atos políticos na tentativa de mobilizar os eleitores e angariar o voto dos indecisos. Em Glasgow, a campanha Melhor Juntos foi liderada por Gordon Brown, que reforçou os ganhos obtidos ao longo de 300 anos de Grã-Bretanha e fez um apelo: "O que teremos construído juntos se nos sacrificarmos e nos dividirmos? Não vamos deixar esse nacionalismo estreito nos separar, nunca".

comentários

por João Brandão no dia 18 de Set de 2014 às 08:07 em Cidade

comentários

Carro capota e cai do viaduto na Av. ACM; motorista foi levado para o HGE
Foto: Reprodução / TV Bahia
Um carro caiu de um viaduto na avenida ACM, próximo a Madereira Brotas, na noite da última quarta-feira (17), por volta das 22h. Cinco pessoas ficaram feridas, mas sem risco de morte. Segundo o Bahia Noticias, o veículo recebeu uma fechada, desviou, capotou e caiu. De acordo com a Central de Polícia, o condutor foi o que mais sofreu, com lesões mais graves e foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE).

comentários

por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 18 de Set de 2014 às 08:00 em Jornal da Metrópole

comentários

Graças a mais uma briga política entre Prefeitura e governo, operação do metrô fica pela metade
Foto: Reprodução/Jornal da Metrópole
Prevista para começar na última segunda-­feira (15), a operação comercial do metrô de Salvador está atravancada devido a desavenças políticas e administrativas entre a Prefeitura de Salvador, capitaneada pelo democrata ACM Neto, e o governo do estado, comandado pelo petista Jaques Wagner. De um lado, o governo diz que o Município não cumpriu uma parte do que estava previsto em contrato: a implantação de linhas alimentadoras com suas respectivas estações.

 Já a Prefeitura alega que tem todo o interesse em resolver o impasse, mas bate pé por um acordo entre governo, a CCR (empresa que opera o metrô) e o Sindicato das Empresas de Ônibus. Às vésperas de mais uma eleição, parece mesmo que o destino da população é ficar no prejuízo e esperar o fim das querelas políticas que, mais uma vez, adiam o sonho do soteropolitano de ver o metrô totalmente nos trilhos.

Tudo começou no último dia 29, quando o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Manoel Ribeiro, enviou ao secretário de Urbanismo e Transporte da Prefeitura, Fábio Mota, uma carta exigindo providências para a integração física e tarifária. Nela, Ribeiro cogitou fazer, por conta própria, o sistema auxiliar de transporte. Mota respondeu no dia 9 de setembro, afirmando que inúmeras licenças para o andamento das obras do metrô não foram tiradas, e que, numa prova de boa vontade, a Prefeitura deixou tudo andar.

 Porém, ressaltou que iria impedir o sistema auxiliar cogitado pelo governo.Enquanto o mimimi não acaba, a população sofre. A mesma população que vai votar em 5 de outubro.

Integração tarifária trava metrô 
"Sem alimentação, fica subutilizado"De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Manoel Ribeiro, a prefeitura está atrasando o início da operação comercial do metrô num ponto bastante específico: a integração tarifária. "O secretário [de Urbanismo e Transporte da prefeitura, Fábio Mota] disse na imprensa que só faria a integração quando se chegasse na estação de Pirajá, mas o metrô precisa de alimentação, já que é um transporte sem capilaridade. Se não tiver alimentação e integração tarifária, ele vai ficar subutilizado", analisou em entrevista ao Jornal da Metrópole. Ainda segundo Ribeiro, a prefeitura dificultou o processo de integração. Apesar disso, o secretário mostrou otimismo contra os empecilhos. "Mas, depois que a Prefeitura mandou uma carta, dizendo que estaria disposta a sentar e resolver o problema, eu prefiro colocar isso no passado. É vida que segue", destacou.

Governo ameaça lançar o próprio sistema auxiliar
Anteriormente, Ribeiro já havia afirmado que o começo da operação comercial deverá acontecer até o fim do mês de outubro. Sendo assim, o metrô vai continuar operando gratuitamente, transportando 15 mil pessoas por dia. Sem a integração, a previsão é a de que apenas quatro mil pessoas continuem usando o modal. O secretário chegou até a cogitar a possibilidade, se a prefeitura não fizer o sistema alimentador, de implantar um sistema auxiliar que está previsto no contrato. Mas, como esta situação contraria os interesses da Prefeitura, que já tem um sistema de ônibus próprio rodando na cidade, é pouco provável que esta solução se concretize.

Neto diz que 'resolveu' problema do metrô... repassando para o governo
O prefeito ACM Neto, por sua vez, disse que o Executivo Municipal não tem culpa no cartório e preferiu chamar para si a paternidade do metrô soteropolitano. "Veja que no assunto do metrô, eu, em quatro meses, resolvi um problema que se estendia por 12 anos, passando o metrô para o governo do estado e criando todas as condições para que o governo do estado assumisse o metrô.", gabou-­se, em entrevista à Rádio Metrópole, na última quarta­-feira (17).Segundo declarou o prefeito, o divórcio entre governo e Prefeitura aconteceu por culpa do outro lado. Mas, pensando bem, quando é que um recém-separado não põe a culpa no outro?

Prefeito diz que só quer garantir tarifa acessível
Neto afirmou que vai esperar uma proposta oficial do governo para tomar uma decisão sobre as pendências que impedem o início da operação comercial do modal. "Minha vontade é que o metrô funcione, que haja uma integração com o ônibus para que ele possa rodar. Agora, é preciso alertar a população dos riscos de se fazer uma coisa sem os devidos cuidados. Com o funcionamento do metrô, algumas linhas vão deixar de existir, e isso não pode gerar maior desembolso da população. O que precisa acontecer é a integração do metrô com o ônibus e o sistema metropolitano de transporte. Nossa preocupação é garantir uma tarifa com preço razoável para a população", defendeu."O que não dá é para o governo cobrar R$ 3,90 para as pessoas andarem por apenas seis quilômetros de metrô", atacou.

comentários

por João Brandão no dia 18 de Set de 2014 às 07:44 em Esportes

comentários

"Futebol é jogado no campo", diz técnico do Vitória após triunfo sobre Fluminense
Foto: Reprodução / NE Futebol
Após vencer de virada o Fluminense na última quarta-feira (17), no Barradão, o técnico do Vitória, Ney Franco, comemorou o resultado dentro de casa. Segundo ele, a 'má campanha do Vitória está diretamente ligada à falta de bons resultados em casa'.

"Saímos daqui com o resultado em um jogo onde tivemos muita competência. O Fluminense teve oportunidade depois que fez o primeiro gol, mas nosso time pressionou o adversário e a torcida correspondeu. Foi um jogo que começou nervoso. A gente já teve alguma vaias e alguns jogadores jovens sentiram. Já o que aconteceu no segundo tempo serve de referência para nós. Em jogo em casa temos que fazer valer o mando e trabalhar com uma equipe mais ofensiva, e o torcedor vir junto", disse.

Nas últimas semanas, o Vitória foi bastante criticado pela imprensa que classificaram como o pior time do Brasil.  "Na situação em que estamos o trabalho emocional é muito grande. As únicas pessoas que não podem cair nessa armadilha de que o Vitória é o pior time do campeonato somos nós. Futebol é jogado e é dentro do campo. Eu digo sempre para eles, que têm que evitar ver e ler alguma coisa e focar no trabalho, no coletivo. O jornal que eles leram hoje, amanhã só serve para enrolar o peixe. Não se pode lamentar que alguém está falando mal da equipe. Nós que temos que mudar isso. Esse trabalho emocional é mais difícil e a gente só consegue principalmente com a entrega, e sem deixar essa equipe cair. Temos que passar por cima de tudo", completou o técnico.

comentários

por Matheus Morais no dia 18 de Set de 2014 às 07:28 em Política

comentários

 Prefeitura de Salvador inaugura obras dois dias antes da eleição
Foto: Tácio Moreira/ Metropress
Que a prefeitura tem investido na requalificação da Orla de Salvador, todo mundo sabe, mas uma declaração do prefeito da capital, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta quarta-feira (17), chamou atenção: ele vai inaugurar duas obras a apenas dois dias da eleição. Trata-se da requalificação das orlas dos bairros de Tubarão e São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário. "No dia 3 de outubro estamos inaugurando as obras de Tubarão e São Tomé de Paripe com uma grande festa no Subúrbio".

Aí pegou mal, né prefeito? Será que foi só uma coincidência?

comentários

Página 1 de 3428
BUSCA
Rádio Metrópole
escute ao vivo Escute pelo Media Player Escute pelo Itunes
Seta Metrópole Gourmet 10h00 às 11h00
Baixe os aplicativos da Rádio Metrópole
MK ENTREVISTA
17/09/2014
Acm Neto
Prefeito de Salvador
16/09/2014
Mauricio Nunes
Médico Cardiologista
16/09/2014
Zuza Homem De Mello
Jornalista e Escritor
NEWSLETTER
Grupo Metrópole
© Copyright 2013 Rádio Metrópole - Em Salvador, ouça a Rádio Metrópole 101.3 FM e 1290 AM Telefone: 71 3505 5000 | Fax: 71 3505 5040