Cidade por Matheus Simoni no dia 12 de Fev de 2018 • 22:04

Número de atendimentos de urgência cai 5% no Carnaval

Número de atendimentos de urgência cai 5% no Carnaval

Foto: Metropress

O número dos atendimentos médicos de urgência e emergência nos circuitos do Carnaval de Salvador sofreu uma queda acentuada em relação aos quatro dias de festa no ano passado. O dado foi apresentado nesta segunda-feira (12) pelo coordenador da rede municipal de urgência e emergência, dr. Ivan Paiva, em entrevista à Rádio Metrópole, no estúdio montado no Camarote Villa Mix.

"Está sendo um dos carnavais mais tranquilos, com menos de 3 mil atendimentos até segunda-feira. É uma redução de 5%, com muito menos ocorrências de agressões físicas", declarou.

Ainda segundo o médico, a meta dos profissionais de saúde é que os foliões sejam atendidos dentro do circuito e possam retornar para aproveitar o restante da folia. "Tem de tudo, da pessoa que bebe demais, que é o maior volume de atendimento, mas também há quem torce o pé e também há os casos de fratura em agressões física. O ideal é que possamos fazer os atendimentos para que o folião volte para curtir a festa no mesmo dia", afirmou Paiva.



publicidade:


Notícias : Cidade