Cidade

Passarelas do metrô: secretário diz que a CCR está descumprindo acordo assinado

Em entrevista ao Metro1 nesta sexta-feira (2), o secretário de Manutenção de Salvador, Marcílio Bastos, falou sobre as passarelas que a CCR Metrô Bahia, concessionária responsável pelo sistema, pretende instalar na cidade. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais e Bárbara Gomes no dia 02 de Outubro de 2015 ⋅ 15:25

Em entrevista ao Metro1 nesta sexta-feira (2), o secretário de Manutenção de Salvador, Marcílio Bastos, falou sobre as passarelas que a CCR Metrô Bahia, concessionária responsável pelo sistema, pretende instalar na cidade. "Desde 2013 iniciamos um contato quando a CCR  nos procurou para dialogar sobre a ideia de implantação e modificação de algumas passarelas. Nós oferecemos toda a informação técnica necessária para viabilizar a implantação de acordo com o sistema existente. Pedimos que fosse respeitado o padrão arquitetônico que faz parte de salvador, conforme projeto do arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, que criou de forma inteligente um modelo de passarela que recebe derivações e pode ser ampliado', explicou o secretário.

Marcílio Bastos defendeu a implantação de equipamentos que estejam dentro do padrão existente em Salvador. "Esse modelo há mais de 30 anos está implantado na cidade e já demonstrou eficiência e segurança às pessoas". Ele ainda disse ter ficado desapontado com as passarelas apresentadas pela CCR. "Fiquei surpreso em ver um modelo que foge ao padrão estabelecido", completou.

O secretário disse que a Prefeitura está aberta às negociações, mas que é preciso que a concessionária cumpra com o acordo estabelecido através de documento assinado por meio de solicitação do alvará à Sucom. "A CCR vai ter que repensar o que foi feito. Da maneira que está fere ao que foi acordado", concluiu.

 

Notícias relacionadas