Política

"Candidata de Facebook": Célia afirma poder comprovar trabalho por Salvador

?Após ser nomeada como candidata pelo PPL ao cargo ocupado por ACM Neto (DEM), avice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento, fez uma breve análise sobre sua atuação como vice na gestão de Neto, através de entrevista para a rádio Itapoan FM. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Luiza Leão no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 19:57

Após ser nomeada como candidata pelo PPL ao cargo ocupado por ACM Neto (DEM), a  vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento, fez uma breve análise sobre sua atuação como vice na gestão de Neto, em entrevista à rádio Itapoan FM.

"A minha análise para a gestão continua a mesma: eu nunca tive a caneta, mas abri as portas do gabinete para a população. Ajudei ao máximo que pude dentro das minhas limitações como vice-prefeita e eu tenho meu Facebook pra mostrar, né? Dediquei os quatro anos da minha vida para trabalhar pela cidade. Todo mundo dos bairros me veem saindo cedinho. Estou sempre nas ruas trabalhando", avaliou-se positivamente.

Pelo telefone, Sacramento declarou ter achado incoerente a sua não indicação para atuar ao lado do prefeito democrata. "Por tudo o que nós fizemos eu não esperava mesmo. Tinha convicção que eu seria vice-prefeita com o prefeito. A forma que ele fez não foi coerente, mas na política não cabe decepção, cada um precisa defender o que acredita. Eu defendo a população soteropolitana. Eu não estou na política pela minha família, pelo meu filho, pelo meu tio, pelo meu pai, não. Eu estou pelo desenvolvimento do nosso país, por uma pátria livre e principalmente pelos excluídos, pelo coletivo", defendeu.

Sobre a sua candidatura, afirmou ter recebido vários convites ao decorrer do ano, mas nunca sequer conversou com nenhum partido. Para ela, essa seria uma traição com o prefeito.

Notícias relacionadas

[TSE arquiva ação em que PT pedia inelegibilidade de Bolsonaro]
Política

TSE arquiva ação em que PT pedia inelegibilidade de Bolsonaro

Por Matheus Simoni no dia 13 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:40 em Política

No julgamento, iniciado no dia 4 de dezembro e concluído hoje (13), os ministro do tribunal entenderam que não houve uma quantidade de provas para configurar o abuso de p...

[Operação da Polícia Federal prende prefeito de Mauá]
Política

Operação da Polícia Federal prende prefeito de Mauá

Por Alexandre Galvão no dia 13 de Dezembro de 2018 ⋅ 09:00 em Política

A investigação é um desdobramento da Operação Prato Feito, que investigava o desvio de recursos públicos em diversas cidades na merenda escolar.