Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

Neto volta a prometer auxílio para transportadores escolares 

Presidente do Sindicato dos Transportadores Escolares e Turísticos do Estado da Bahia (sintest), Simone Cristina Rosas, reclamou nos microfones da Metrópole sobre a demora

[Neto volta a prometer auxílio para transportadores escolares ]
Foto : Bruno Concha/Secom/PMS

Por Alexandre Galvão no dia 25 de Novembro de 2020 ⋅ 11:43

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), voltou a prometer um auxílio financeiro para transportadores escolares. A categoria está parada desde o início da pandemia causada pelo coronavírus e não foi incluída no programa Salvador Por Todos, que destina R$ 270 a pessoas atingidas diretamente pela paralisação de setores econômicos em decorrência da doença. 

Hoje (25), durante coletiva, o prefeito disse que “nos próximos dias” deve encaminhar o projeto à Câmara Municipal de Salvador. 

“A procuradoria do município considerou arriscado mandar no período da eleição e depois alguém dizer que isso era algo eleitoreiro. Esperamos passar a eleição e estamos praticamente fechados, a situação está muito difícil. São pessoas que ficaram sem renda. A minha disposição é encaminhar nos próximos dias”, afirmou o gestor.

Presidente do Sindicato dos Transportadores Escolares e Turísticos do Estado da Bahia (sintest), Simone Cristina Rosas, reclamou nos microfones da Metrópole sobre a demora. 

“Não tivemos nenhuma ajuda do município. No dia 6/10 o prefeito informou que iria ajudar nossa categoria. Em Brasília foram dadas três parcelas de R$ 1.200 e outras de R$ 600”, relatou. 

Notícias relacionadas