Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Bolsonaro proíbe ministros de atender Doria

Para presidente, governador paulista usa vacinação como marketing para ganhar popularidade

[Bolsonaro proíbe ministros de atender Doria]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Gabriel Amorim no dia 21 de Janeiro de 2021 ⋅ 17:44

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) proibiu ministros de atender qualquer solicitação feita pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB). A ordem ganhou ainda mais força depois que Dória iniciou a vacinação em São Paulo antes do resto do país retirando, assim, o protagonismo do governo federal. A informação é do Estadão.

Para o presidente, o paulista está usando a vacinação como arma para aumentar sua popularidade e assim vencer as eleições presidenciais de 2022. O trabalho em conjunto de Doria com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) nas negociações com a China para importação de insumos teriam deixado o presidente ainda mais irritado. 

 

Notícias relacionadas