Política

Senadores que se posicionaram contra decreto das armas de Bolsonaro recebem ameaças

Entre os alvos, está o próprio presidente da Casa, Davi Alcolumbre

[Senadores que se posicionaram contra decreto das armas de Bolsonaro recebem ameaças]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Daniel Brito no dia 15 de Junho de 2019 ⋅ 08:30

Senadores que se posicionaram de forma contrária ao decreto que flexibiliza as regras para armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, têm recebido ameaças. Um deles é Randolfe Rodrigues (Rede-AP), mas as intimidações atingiram pelo menos outros quatro parlamentares, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo

Entre os alvos, está o próprio presidente da Casa, Davi Alcolumbre. Segundo a publicação, ele relatou o fato a parlamentares em um almoço, na última quinta-feira (13).

Já ontem (14), Alcolumbre divulgou uma nota afirmando que tomaria providências diante das mensagens recebidas pelos seus pares.  No entanto, ele não citou as ameaças que recebeu.

 

Notícias relacionadas