Política

'Não teremos outro dia como ontem, chega', diz Bolsonaro em recado ao STF

Presidente reagiu à operação da PF que atingiu empresários, políticos e ativistas bolsonaristas

['Não teremos outro dia como ontem, chega', diz Bolsonaro em recado ao STF]
Foto : Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 28 de Maio de 2020 ⋅ 10:15

Um dia depois de uma operação da Polícia Federal ter atingido empresários, políticos e ativistas bolsonaristas, no âmbito do inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal, o presidente Jair Bolsonaro criticou a investigação e fez novos ataques à Corte.

“Não teremos outro dia como ontem, chega”, disse, na saída do Palácio da Alvorada. “Querem tirar a mídia que eu tenho a meu favor sob o argumento mentiroso de fake news”, acrescentou. Em outro momento, disse ter em mãos as "armas da democracia".

Ontem (27), irritado com a operação, o presidente reuniu ministros para definir uma reação à Corte. Auxiliares presentes informaram à Folha de S. Paulo que ele avaliou como absurda e desnecessária a investigação contra aliados, considerou que se trata de uma retaliação e reforçou que o Executivo não pode aceitar calado.

Leia mais:

Bolsonaro diz que operação da PF contra aliados é ‘sinal de algo grave acontecendo com a democracia’

Parlamentares bolsonaristas iam ser alvo de busca e apreensão, mas Moraes desistiu

Eduardo Bolsonaro vê 'momento de ruptura' e cogita adoção de 'medida enérgica' por presidente

Notícias relacionadas