Política

Após ataques de Eduardo Bolsonaro, ACM Neto diz que país não precisa de radicalizações ou ameaças

O filho do presidente Jair Bolsonaro disse que a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes de autorizar a operação contra "fake news" foi criminosa

[Após ataques de Eduardo Bolsonaro, ACM Neto diz que país não precisa de radicalizações ou ameaças]
Foto : Bruno Concha / Secom /PMS

Por João Brandão no dia 28 de Maio de 2020 ⋅ 16:20

O prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, em nota, disse que o Brasil “precisa equilíbrio e responsabilidade, não de radicalizações ou ameaças”, ao falar sobre as frases ditas pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, ontem (27), em uma live.

O filho do presidente Jair Bolsonaro disse que a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes de autorizar a operação contra "fake news" foi criminosa. Ele defendeu uma medida enérgica e falou até mesmo em ruptura.

“Condenamos e combateremos qualquer tentativa de intimidação às instituições do nosso país. É inaceitável tratar qualquer defesa de ruptura institucional como solução para esse momento de crise”, diz um trecho da nota.

Notícias relacionadas

[Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal]
Política

Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal

Por João Brandão no dia 05 de Julho de 2020 ⋅ 16:01 em Política

Sócio majoritário Junior Durski, que já se declarou “100% Bolsonaro”, provocou polêmica no começo da pandemia ao dizer que o Brasil não deveria parar por “cinco ou sete m...