Bahia

Polícia reconstitui crime que causou morte de empresário em Teixeira de Freitas

Foi reconstituído, pela Polícia Civil, o crime que resultou na morte do empresário Victor Aguiar durante confraternização de fim de ano na madrugada do último dia 19 de dezembro, no município de Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia. [Leia mais...]

[Polícia reconstitui crime que causou morte de empresário em Teixeira de Freitas]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Jessica Galvão no dia 29 de Dezembro de 2015 ⋅ 18:19

Foi reconstituído, pela Polícia Civil, o crime que resultou na morte do empresário Victor Aguiar durante confraternização de fim de ano na madrugada do último dia 19 de dezembro, no município de Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia.

A polícia se reuniu, durante 4 horas, na noite de segunda-feira (28), com os amigos da vítima na casa onde ocorreu a festa, além do principal suspeito do crime. Segundo o delegado Kléber Gonçalves, um rapaz de 20 anos que era vizinho de Victor, confessou ter atirado em direção a casa na intenção de assustar as pessoas que se encontravam na festa e acabar com o barulho.

De acordo com o delegado, todos que estavam na confraternização fizeram parte da reconstituição. Os amigos relataram que a vítima estava de pé, em movimento, quando foi atingido pelo disparo que acertou uma região abaixo da axila esquerda, próximo ao peito. Ele ainda afirmou que o jovem que assumiu a autoria do disparo, atirou sem o intuito de matar a vítima. "Era uma festa com som. Ele [vizinho] disse que não disparou para matar, mas para acabar com a algazarra", conta o delegado. O autor do crime foi preso no dia 22 de dezembro e continua detido por meio de mandado de prisão temporária.

O delegado Kléber Gonçalves diz que a reconstituição teve o objetivo de confrontar as versões apresentadas nos depoimentos com os fatos ocorridos no dia do crime. "Ainda nenhuma hipótese [de motivação do homicídio] foi descartada", afirma sobre o prosseguimento das investigações.

Notícias relacionadas

[Itabuna: prédio que abrigaria shopping é demolido ]
Bahia

Itabuna: prédio que abrigaria shopping é demolido 

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Agosto de 2018 ⋅ 09:20 em Bahia

Destino do restante do prédio será decidido pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna nos próximos 30 dias, quando resultado de laudo técnico será concluído