Bahia

'Vergonha, falta de respeito e uma avacalhação', diz MK sobre serviço da Coelba

Nesta terça-feira (5), Mário Kertész criticou a prestação de serviços da Coelba e a atuação da concessionária de energia elétrica no estado, diante das chuvas que atingem a capital baiana desde a última segunda-feira (4). Segundo MK, há uma negligência por parte da empresa no atendimento dos consumidores. [Leia mais...]

['Vergonha, falta de respeito e uma avacalhação', diz MK sobre serviço da Coelba]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 05 de Janeiro de 2016 ⋅ 19:51

Nesta terça-feira (5), Mário Kertész criticou a prestação de serviços da Coelba e a atuação da concessionária de energia elétrica no estado, diante das chuvas que atingem a capital baiana desde a última segunda-feira (4). Segundo MK, há uma negligência por parte da empresa no atendimento dos consumidores. "É uma vergonha, uma falta de respeito e uma avacalhação. Tudo bem que teve uma chuva com fortes trovoadas e ventos. A gente entende que cria problemas, ainda mais em uma rede de distribuição que a gente sabe que é uma porcaria. É uma porcaria porque o investimento foi cada vez mais fraco desde que a Coelba foi privatizada. As coisas mudaram", disse Mário.

MK também criticou o atendimento da empresa, que acaba deixando a desejar ao prestar esclarecimentos à população. "Hora nenhuma a Coelba botou a cara a tapa. É só chegar e dizer: 'estamos com problemas mesmo, desculpe, tal bairro vai ser resolvido e vai ser assim'. Nada. Fica sempre nessa sacanagem. Uma falta de respeito chegar e entregar ao pessoal do telemarketing, que só falta apanhar. Devem ter ouvido muitos desaforos, que são merecidos. Não para eles, é claro, mas para a empresa, a prestadora de serviço. Não tem o menor respeito ao consumidor", declarou.

Mário Kertész ainda destacou que a população fica sem escolha. "Nós não temos outra empresa para comprar energia. Somos obrigados a comprar energia na mão dela, pelo preço que ela e o governo estabelecem. Temos que nos submeter a uma porcaria de um serviço desse. Eu fico indignado com a incompetência dessa empresa e com a falta de profissionalismo deles, que não tem ninguém que diga assim: 'são os nossos consumidores, eles nos sustentam e temos a obrigação de dar satisfação decente e na hora'", completou MK.

Notícias relacionadas

[Itabuna: prédio que abrigaria shopping é demolido ]
Bahia

Itabuna: prédio que abrigaria shopping é demolido 

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Agosto de 2018 ⋅ 09:20 em Bahia

Destino do restante do prédio será decidido pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna nos próximos 30 dias, quando resultado de laudo técnico será concluído