Bahia

Margareth Menezes relembra importância da gravadora WR em sua carreira

A cantora Margareth Menezes falou da importância de Wesley Rangel para a música da Bahia. O produtor cultural morreu nesta quarta-feira (6) e teve seu corpo velado no Cemitério Jardim da Saudade. Margareth lamentou a morte de Wesley e ressaltou a importância da gravadora WR, que teve papel fundamental no início dos anos 80 para o sucesso da música baiana. [Leia mais...]

[Margareth Menezes relembra importância da gravadora WR em sua carreira]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 06 de Janeiro de 2016 ⋅ 16:59

A cantora Margareth Menezes falou da importância de Wesley Rangel para a música da Bahia. O produtor cultural morreu nesta quarta-feira (6) e teve seu corpo velado no Cemitério Jardim da Saudade. Margareth lamentou a morte de Wesley e ressaltou a importância da gravadora WR, que teve papel fundamental no início dos anos 80 para o sucesso da música baiana. "Eu tive a oportunidade de conhecer a WR quando era ainda no Garcia, lá no Canela. Eu conheci Brown, conheci Rangel e gravei meus primeiros CDs, os primeiros registros de Faraó e Elegibô, e outros projetos. Tudo começou ali", disse ela.

"Ele era uma pessoa super bacana, apesar de ser todo conhecimento que ele tinha, era um cara muito acessível e sempre estava dando toque. Ele gostava muito quando eu cantava Ijexá, queria que eu fizesse um projeto cantando essa música. Era uma figura muito querida. Recentemente teve uma homenagem na Câmara, eu e outros artistas baianos tivemos a oportunidade de participar e dar um abraço nele. A gente perde uma pessoa muito importante para nós", disse a cantora.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Chuva causa prejuízos no sul da Bahia]
Bahia

Chuva causa prejuízos no sul da Bahia

Por Metro1 no dia 21 de Junho de 2018 ⋅ 14:22 em Bahia

Ao menos cinco famílias de Itabuna tiveram que deixar as casas após um deslizamento de terra derrubar parte de uma contenção de concreto