Bahia

Com salários atrasados, professores de Itabuna suspendem atividades

A paralisação dos professores da rede municipal de Itabuna, no sul da Bahia, já dura nove dias. O atraso no pagamento de salários relativos ao mês de dezembro, é o principal motivo do movimento. [Leia mais...]

[Com salários atrasados, professores de Itabuna suspendem atividades]
Foto : Reprodução/Maurício Maron

Por Gabriel Nascimento no dia 13 de Janeiro de 2016 ⋅ 12:36

A paralisação dos professores da rede municipal de Itabuna, no sul da Bahia, já dura nove dias. O atraso no pagamento de salários relativos ao mês de dezembro, é o principal motivo do movimento. Segundo informações da presidente do Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (Simpi), Maria do Carmo Souza Oliveira, os vencimentos deveriam ser pagos pela prefeitura no dia 5 de janeiro.

A prefeitura diz que enfrenta dificuldades financeiras para realizar os pagamentos e promete que os salários serão concedidos até a próxima sexta-feira (15). A paralisação atinge estudantes do ensino fundamental e creches da educação básica. A secretária de Educação de Itabuna, Dinalva Melo do Nascimento, afirmou que a categoria já acumula 86 dias parados (referente ao ano letivo de 2015), contando com a greve que terminou em agosto do ano passado e paralisações que ocorreram depois.

“O ano letivo deveria recomeçar em 4 de janeiro e terminar no dia 21 de março. Caso se confirme que os salários sejam pagos na sexta-feira e o calendário não mude, o ano letivo de 2016 deve começar em 16 de maio”, disse.

 

Comentarios

Notícias relacionadas