Bahia

Siamesas baianas que foram separadas têm piora no estado de saúde

Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Materno Infantil (HMI), no sábado (16), as siamesas separadas, Fernanda e Júlia Naves, estão internadas em estado gravíssimo na cidade de Goiânia, em Goiás. [Leia mais...]

[Siamesas baianas que foram separadas têm piora no estado de saúde]
Foto : Divulgação HMI

Por Matheus Morais no dia 17 de Janeiro de 2016 ⋅ 12:01

Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Materno Infantil (HMI), no sábado (16), as siamesas separadas, Fernanda e Júlia Naves, estão internadas em estado gravíssimo na cidade de Goiânia, em Goiás. Elas passaram por uma cirurgia de separação na quarta-feira (13). 

De acordo com o G1 Goiás, Júlia já estava em estado grave, mas teve uma piora e não conseguiu se estabilizar totalmente. Já Fernanda já havia apresentado um momento de instabilidade na última quinta (14) por causa de uma pneumotórax, que é o excesso de ar no diafragma. Segundo o cirurgião pediátrico Zacharias Cali, o problema dificulta a respiração, então, um dreno de emergência foi implantado na criança.

"Logo que percebemos, já foi colocado o dreno de emergência, que tira o ar para fora do diafragma e ela voltou a ficar estável. Esse dispositivo deve ser removido em dois ou três dias só com uma anestesia local", disse ao G1 Goiás. Fernanda voltou a piorar.  A unidade pede doações de sangue O positivo para as irmãs. Unidas pelo tórax e abdômen, as gêmeas de Itamaraju, no interior da Bahia, compartilhavam o fígado e uma membrana do coração.

 

 

Comentarios

Notícias relacionadas