Bahia

Perto de completar cinco meses de greve, médicos peritos voltam ao trabalho

Após quatro meses e 21 dias parados, os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltam ao trabalho nesta segunda-feira (25), na Bahia. Apesar do retorno às atividades, a categoria continua em estado de greve e o atendimento é limitado. A paralisação nacional começou 4 de setembro de 2015 e o anúncio de retorno ao trabalho foi no último dia 18. [Leia mais...]

[Perto de completar cinco meses de greve, médicos peritos voltam ao trabalho]
Foto : Reprodução / Agência Brasil

Por Camila Tíssia no dia 25 de Janeiro de 2016 ⋅ 09:11

Após quatro meses e 21 dias parados, os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltam ao trabalho nesta segunda-feira (25), na Bahia. Apesar do retorno às atividades, a categoria continua em estado de greve e o atendimento é limitado. A paralisação nacional começou 4 de setembro de 2015 e o anúncio de retorno ao trabalho foi no último dia 18.

O diretor da Associação Nacional dos Médicos Peritos, em entrevista à TV Bahia, explicou a situação. "Nós estamos em uma nova fase da greve. O que é que difere do dia anterior que estávamos em greve? Estaremos em 100% operacional dos médicos peritos, porém atendendo apenas auxílio doença previdenciário e acidentário, no seu exame inicial”.

Ainda se acordo com o diretor, os segurados que têm pedido de prorrogação devem ligar para o telefone de atendimento do INSS, o 135, antes de comparecerem à agência. Já os trabalhadores beneficiados com auxílio doença, se tiverem previsão para retorno do trabalho não precisam voltar à agência.

Através de nota, o INSS afirmou que, em Salvador, a maioria dos peritos já tinham retornado as atividades e as perícias aconteciam normalmente. Mesmo assim, durante a greve, a associação estimava que cerca de 300 perícias não eram feitas por dia por conta da paralisação.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Chuva causa prejuízos no sul da Bahia]
Bahia

Chuva causa prejuízos no sul da Bahia

Por Metro1 no dia 21 de Junho de 2018 ⋅ 14:22 em Bahia

Ao menos cinco famílias de Itabuna tiveram que deixar as casas após um deslizamento de terra derrubar parte de uma contenção de concreto