Bahia

Rui relata queda em recursos e cita "situação dramática" das contas estaduais

[Rui relata queda em recursos e cita
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Felipe Paranhos no dia 15 de Fevereiro de 2016 ⋅ 08:36

A crise econômica pela qual passa o Brasil atinge com força a Bahia em 2016. Em entrevista a Mário Kértesz nesta segunda-feira (15), o governador Rui Costa afirmou que, em janeiro, recebeu do Fundo de Participação dos Estados um valor R$ 170 milhões menor do que o de 2014. Segundo o petista, as contas estaduais estão em "situação dramática".

"Eu sempre busco ser otimista e buscar uma melhora nas coisas. Ontem, conversei com Wagner por telefone e coloquei a preocupação dos governadores em superar a crise. Só vai haver uma superação quando for sepultada a crise política. Nenhum investidor vai se arriscar a investir com essa instabilidade política. No inicio de março, vou para a China, e eles ficam perguntando quando vai ter fim a crise política. Todo empresário é avesso a riscos, então, enquanto tiver isso, não vai andar. No mês de janeiro, a Bahia perdeu R$ 100 milhões no Fundo de Participação dos Estados. Em 2015, eu perdi cerca de R$ 70 milhões em relação a 2014, então, em janeiro eu recebi R$ 170 milhões a menos. A situação é dramática para as contas estaduais. Na maioria dos municipios, a previdência é do INSS: quando um servidor se aposenta, aquilo deixa de ser um pagamento da previdência. No estado, quando a pessoa se aposenta, a gente dobra o gasto, porque os estados têm previdência própria. O meu empenho é para ajudar para que o congresso supere logo a crise política", declarou à Metrópole.       

Notícias relacionadas