Bahia

Siamesa de Itamaraju morre em Goiás; irmã recebeu alta nesta segunda

A gêmea siamesa Júlia Neves, de cinco meses, separada da irmã no início do mês de janeiro, não resistiu à recuperação da cirurgia no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiás. [Leia mais...]

[Siamesa de Itamaraju morre em Goiás; irmã recebeu alta nesta segunda ]
Foto : Reprodução/TV Anhanguera

Por Gabriel Nascimento no dia 15 de Fevereiro de 2016 ⋅ 10:13

A gêmea siamesa Júlia Neves, de cinco meses, separada da irmã no início do mês de janeiro, não resistiu à recuperação da cirurgia no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiás. De acordo com informações da unidade de saúde, a menina morreu por conta de uma insuficiência cardíaca na última sexta-feira (12), no entanto a família só autorizou a divulgação nesta segunda-feira (15).

Dias após a cirurgia, Júlia apresentou piora no estado de saúde e passou a respirar com ajuda de aparelhos. A irmã, Fernanda, também chegou ao estágio gravíssimo, mas conseguiu se recuperar. Desde o dia 3 de fevereiro, Fernanda respira de forma espontânea. Ela recebeu alta na manhã desta segunda, às 9h30 e seguiu juntamente com a mãe Lindalva Nascimento de Jesus para a Casa do Interior da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), localizada no setor Oeste.

O pai das meninas, Valdenir Neves, já está na Bahia cuidando dos trâmites legais para o sepultamento de Júlia. Não há informações sobre data ou horário para o sepultamento da criança.

 

Comentarios

Notícias relacionadas

[Sobe número de mortes por H1N1 na Bahia]
Bahia

Sobe número de mortes por H1N1 na Bahia

Por Metro1 no dia 19 de Junho de 2018 ⋅ 17:01 em Bahia

As faixas etárias mais atingidas pela doença são os menores de 5 anos ou maiores de 60, que também respondem por 60% dos óbitos pelo vírus