Bahia

Homem é condenado a 108 anos de prisão por matar mulheres queimadas

Depois de matar quatro mulheres queimadas, Jeová Jesus da Cruz foi condenado a 108 anos de prisão, no município de Alcobaça, região sul da Bahia. O resultado do julgamento do crime, que aconteceu em 2010, foi divulgado pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) nessa quarta-feira (24). [Leia mais...]

[Homem é condenado a 108 anos de prisão por matar mulheres queimadas]
Foto : Reprodução / Teixeira Agora

Por Camila Tíssia no dia 25 de Fevereiro de 2016 ⋅ 09:23

Depois de matar quatro mulheres queimadas, Jeová Jesus da Cruz foi condenado a 108 anos de prisão, no município de Alcobaça, região sul da Bahia. O resultado do julgamento do crime, que aconteceu em 2010, foi divulgado pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) nessa quarta-feira (24).

O rapaz chegou a atear fogo em um casa para provocar o homicídio e ele foi considerado culpado pelo Tribunal do Júri pelas mortes de: Rogervana Miranda de Almeida, Caroline Miranda da Silva, Brenda Silva da Conceição e Maria Júlia Miranda de Almeida.

Ele também foi culpado pela tentativa de homicídio contra outra mulher, Estela dos Santos Miranda, que sobreviveu porque conseguiu acordar e fugir, mas ficou com lesões graves por conta das queimaduras. O crime aconteceu no dia 19 de setembro de 2010.

De acordo com a denúncia, Jeová era traficante de drogas e suspeitava perder clientes para uma das vítimas. Segundo o MP, o homem condenado pode recorrer da sentença, que deve ser inicialmente cumprida em regime fechado.

Notícias relacionadas