Bahia

Em protesto, policiais civis paralisam atividades por 48h na Bahia

A partir desta quinta-feira (10), policiais civis fazem uma paralisação de 48 horas, na Bahia. As informações são do sindicato que representa a categoria (Sindpoc). De um total de 7.500 servidores, o movimento abrange em torno de cinco mil agentes no estado. [Leia mais...]

[Em protesto, policiais civis paralisam atividades por 48h na Bahia]
Foto : Reprodução/GOVBA

Por Gabriel Nascimento no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 10:06

A partir desta quinta-feira (10), policiais civis fazem uma paralisação de 48 horas, na Bahia. As informações são do sindicato que representa a categoria (Sindpoc). De um total de 7.500 servidores, o movimento abrange em torno de cinco mil agentes no estado. O Sindpoc informou ainda que a paralisação afeta o andamento das investigações criminais e o registro de ocorrências, mas ficam garantidos os trabalhos de levantamento cadavérico, auto de prisão em flagrante e atendimento a idosos e crianças.

A categoria cobra reestruturação salarial com patamar de nível superior da Polícia Civil aliada ao enquadramento da investigação criminal para coibir o desvio de atividades, nomeação de concursados de 2013/2014 e remanescentes de 1997 (pessoas que entraram na Justiça à época para exigir nomeação), decreto de promoções, reconhecimento do laudo de papiloscopia do perito técnico no curso do inquérito policial, instalação de um grupo de estudo para discussão de um projeto de lei que regulamente a atividade de investigação criminal. Uma nova paralisação está prevista para acontecer nos dias 17 e 18 de março.

Notícias relacionadas

[Club Med Itaparica será fechado ]
Bahia

Club Med Itaparica será fechado 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 07:20 em Bahia

O resort trabalha com esquema all inclusive e atraía milhares de turistas e baianos que queriam aproveitar as belezas do hotel e da Ilha de Itaparica