Bahia

Travessias operam sem restrições e têm embarque tranquilo nesta manhã

É tranquilo o movimento no Ferryboat, que faz a travessia entre Salvador e a Ilha de Itaparica, e na travessia marítima de lanchas entre a capital e Mar Grande, na manhã deste domingo (13), segundo informações das empresas que administram os sistemas. [Leia mais...]

[Travessias operam sem restrições e têm embarque tranquilo nesta manhã]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia no dia 13 de Março de 2016 ⋅ 09:57

A travessia do sistema Salvador-Mar Grande tem movimento moderado e embarque tranquilo na manhã deste domingo (13), nos dois terminais, no Comércio, e em Vera Cruz, na Ilha. De acordo com a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), depois de passar toda a semana prejudicada pela maré baixa, a travessia voltou a operar hoje sem qualquer restrição. Nesta manhã, 10  embarcações estão em operação desde as 5h e os horários de saída ocorrem a cada 30 minutos, podendo passar a ser de 15 em 15 minutos, caso o fluxo de passageiros cresça.  

Para os usuários que embarcam em Salvador com destino a Mar Grande, a Astramab afirma que aos domingos e feriados a passagem na travessia custa R$ 7,20. No sentido inverso, a tarifa é R$ 6,10. Saindo de Salvador, a última viagem do dia será 20h, e de Mar Grande, às 18h30.

No sistema Ferryboat não é diferente. Segundo a Internacional Travessias, as embarcações Rio Paraguaçu, Dorival Caymmi, Agenor Gordilho, Maria Bethânia e Pinheiro estão à disposição para operação neste domingo, com destino a Salvador e Ilha de Itaparica. As saídas ocorrem nos horários regulares (de hora em hora), e além disso, viagens extras ocorrem sempre que há um aumento da demanda. Neste momento, o fluxo é tranquilo nos terminais São Joaquim e Bom Despacho.

Notícias relacionadas

[Club Med Itaparica será fechado ]
Bahia

Club Med Itaparica será fechado 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 07:20 em Bahia

O resort trabalha com esquema all inclusive e atraía milhares de turistas e baianos que queriam aproveitar as belezas do hotel e da Ilha de Itaparica