Bahia

MP denuncia e pede prisão preventiva de policiais envolvidos em ação no Cabula

Os promotores de Justiça Davi Gallo, José Emmanoel Lemos, Cassio Marcelo de Melo e Ramires Tyrone, autores da denúncia, pedem ainda a prisão preventiva dos nove policiais, a fim de garantir a ordem pública e o regular andamento do processo, e a realização de reprodução simulada dos fatos

[MP denuncia e pede prisão preventiva de policiais envolvidos em ação no Cabula]
Foto : Rafael Bonifácio/ Ponte Jornalismo

Por Juliana Almirante no dia 18 de Maio de 2015 ⋅ 12:42

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) ofereceu na manhã desta segunda-feira (18), denúncia contra nove policiais militares envolvidos na execução de 12 pessoas durante ação realizada no Cabula em fevereiro. Os promotores de Justiça Davi Gallo, José Emmanoel Lemos, Cassio Marcelo de Melo e Ramires Tyrone, autores da denúncia, pedem ainda a prisão preventiva dos nove policiais, a fim de garantir a ordem pública e o regular andamento do processo, e a realização de reprodução simulada dos fatos. 

Os policiais denunciados estão incursos nas sanções penais de homicídio qualificado, tentativa de homicídio, combinados com o crime de concurso de pessoas, todos previsto do Código Penal brasileiro. A denúncia teve por base o Procedimento Investigatório Criminal instaurado pelo MP, o inquérito policial militar e peças extraídas do inquérito policial.

Comentarios

Notícias relacionadas