Bahia

Caça de pokémon é proibida pelo TRE em zonas eleitorais da Bahia

Febre em várias partes do mundo, o game Pokémon Go, lançado oficialmente no Brasil na última quarta-feira (03), já começa a gerar alertas em Salvador [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ TRE-BA

Por Alaine Brasil no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 16:22

Febre em várias partes do mundo, o game Pokémon Go, lançado oficialmente no Brasil na última quarta-feira (03), já começa a gerar alertas em Salvador. O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), através das redes sociais, atentou que a caça de pokémon nas zonas de votação durante as eleições 2016 é probida.

De acordo com o TRE, em uma postagem publicada no Facebook, o alerta está relacionado ao fato de que o uso de celulares é proibido nas cabines de votação. “Já temos o Pokémon GO, mas é aquele ditado: não se pode ter tudo. Na hora de votar, é proibido o uso de celular. Combinado?", diz o post. Um banner também foi compartilhado com o seguinte recado: "TRE-BA informa: é proibido capturar pokémons no local de votação". O Alerta foi feito com base a Lei 9.504/97, artigo 91, que proíbe o uso de celulares nas zonas eleitorais.

Alerta da Polícia Militar

A 77ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, também alertou ao risco de ocorrências como assaltos aos usuários do game. O aviso ensina precauções no uso do jogo. A ideia foi da responsável pela comunicação social da companhia, a soldado Deyse Bastos. "Hoje o roubo de celular é campeão em ocorrência em todo o país. A gente teve essa ideia porque viu que seria uma febre, como em outros países, já para evitar que exista ocorrências", explica a PM.

Notícias relacionadas