Bahia

Mário Kertész lamenta morte de Geraldo Machado: "Um visionário"

Mário Kertész lamentou a morte do intelectual baiano Geraldo Machado, de 69 anos, na tarde do último sábado (6). Pensador e integrante da Academia de Letras da Bahia desde 2003, ele lutava contra um câncer há dois anos. Machado também foi gestor da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) entre 1983 a 1987. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 07 de Agosto de 2016 ⋅ 14:14

Mário Kertész lamentou a morte do intelectual baiano Geraldo Machado, de 69 anos, na tarde do último sábado (6). Pensador e integrante da Academia de Letras da Bahia desde 2003, ele lutava contra um câncer há dois anos. Machado também foi gestor da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) entre 1983 a 1987.

MK lembrou quando conheceu Geraldo em 1967, no gabinete do então prefeito Antônio Carlos Magalhães. "Desde lá, curtimos nossas paixões por cinema e Paris. Ele era uma pessoa adorável, doce, gentil e um visionário. Estou muito triste", disse.

Por meio de nota, a Funceb também lamentou a morte do o ex-gestor da fundação. O corpo de Geraldo Machado será cremado neste domingo (7), no Cemitério Jardim da Saudade. Familiares e amigos participam de uma cerimônia de corpo presente prevista para acontecer às 15h.

Notícias relacionadas