Bahia

Distrito Integrado de Segurança Pública é inaugurado por Rui em Serrinha

O nono Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) da Bahia foi inaugurado, nesta sexta-feira (19), em Serrinha, no interior do estado, pelo governador Rui Costa (PT). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Pedro Moraes/GOVBA

Por Jessica Galvão no dia 19 de Agosto de 2016 ⋅ 17:23

O nono Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) da Bahia foi inaugurado, nesta sexta-feira (19), em Serrinha, no interior do estado, pelo governador Rui Costa (PT). Na ocasião, o petista também realizou a entrega de 149 títulos de domínio aos pequenos produtores do Território do Sisal e de 14 tratores para agricultores familiares, além de visitar um centro de armazenamento da agricultura familiar e a sede do Instituto Federal Baiano (IFBaiano), onde conversa com a direção, alunos e professores para subsidiar e fortalecer o programa Educar para  Transformar.

Com investimento de R$ 5,86 milhões, o Disep atenderá 18 municípios, com a estrutura que abriga o 16º Batalhão da Polícia Militar, com 156 policiais, uma delegacia da Civil, além da Polícia Técnica. A unidade também conta com posto do Instituto Pedro Melo, que fornece Carteira de Identidade, necrotério, alojamento para policiais, equipamento para vistoria de veículos, custódia e sala de reconhecimento.

"O Disep foi construído devido à convicção de que, para melhorar a segurança pública, é preciso que as polícias trabalhem de forma integrada, articulada e parceira. A partir de hoje, por exemplo, Serrinha passa a contar com serviços que eram feitos pela Polícia Técnica em Feira de Santana ou Salvador, que são laudo cadavérico e análise de laboratório do que foi obtido pelas investigações. A Bahia está entre os oito estados do Brasil que mantêm suas contas em dia. Estamos fazendo ajustes para economizar o dinheiro do povo, pagar as despesas e fazer os investimentos", falou Rui.

Notícias relacionadas

[Sul e sudoeste da Bahia ficam sem eletricidade]
Bahia

Sul e sudoeste da Bahia ficam sem eletricidade

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Novembro de 2018 ⋅ 12:00 em Bahia

De acordo com a Coelba, falha foi causada por um problema na Subestação Funil, de responsabilidade da Chesf