Bahia

Professores e estudantes em protesto fecham rodovias nesta quinta-feira

Parados há 58 dias, professores e estudantes das universidades estaduais da Bahia fecharam as rodovias BR-101, BR-119, BR-116 Norte e a BR-415, em um protesto realizado na manhã desta quinta-feira (9). O grupo reúne docentes e alunos da Uneb, Uefs, Uesb e Uesc, e reivindica aumento do orçamento voltado para educação superior pública na Bahia. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ADUSB

Por Gabriel Nascimento no dia 09 de Julho de 2015 ⋅ 12:20

Parados há 58 dias, professores e estudantes das universidades estaduais da Bahia fecharam as rodovias BR-101, BR-119, BR-116 Norte e a BR-415 em um protesto realizado na manhã desta quinta-feira (9). O grupo reúne docentes e alunos da Uneb, Uefs, Uesb, Uesc e reivindica aumento do orçamento voltado para educação superior pública na Bahia.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os protestos na BR-116 e BR-119 terminaram por volta das 10h desta quinta-feira (9). As manifestações na BR-101 e BR-415 continuaram até às 11h.

A greve dos professores estaduais já dura quase dois meses. Segundo o grupo representante do movimento das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba), mais de 60 mil estudantes estão sendo prejudicados pela paralisação. A categoria cobra o aumento do número de professores e investimento de 7% da receita líquida de impostos (RLI) para o orçamento das instituições. A Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (ADUSB), afirmou em nota que as universidades estaduais passam por uma grave crise orçamentária.


 

Comentarios

Notícias relacionadas