Bahia

MPT resgata funcionários em condições semelhantes à escravidão

Procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e auditores do Ministério do Trabalho interditaram nesta sexta-feira (2) o Parque de Vaquejada Maria do Carmo para resgatar 17 funcionários em condições análogas à escravidão. O local é sede da tradicional Vaquejada de Serrinha, a cerca de 173km de Salvador. Após a assinatura do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), as atividades voltaram à normalidade, por volta das 16h. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : MPT-BA / Divulgação

Por Luiza Leão no dia 02 de Setembro de 2016 ⋅ 18:53

Procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e auditores do Ministério do Trabalho interditaram nesta sexta-feira (2) o Parque de Vaquejada Maria do Carmo para resgatar 17 funcionários em condições análogas à escravidão. O local é sede da tradicional Vaquejada de Serrinha, a cerca de 173km de Salvador. Após a assinatura do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), as atividades voltaram à normalidade, por volta das 16h.

O evento teve início na última quinta-feira (1) e segue até o domingo (4). A cantora Anitta e as bandas Vingadora, Mano Walter, Tayrone e Saia Rodada, são atrações musicais do evento.

Notícias relacionadas