Bahia

TCE desaprova contas de 4 unidades da Sedes; gestores deverão arcar com multas

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desaprovou as contas de quatro unidades da Secretaria de Desenvolvimento e Combate à Pobreza (Sedes) referentes a 2013, resultando em multas para os gestores com valores que variam entre R$3 mil e R$5 mil. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação / TCE

Por Luiza Leão no dia 13 de Setembro de 2016 ⋅ 17:21

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desaprovou as contas de quatro unidades da Secretaria de Desenvolvimento e Combate à Pobreza (Sedes) referentes a 2013, resultando em multas para os gestores com valores que variam entre R$3 mil e R$5 mil.

O gestor da Diretoria Geral, Péricles Cerqueira Monteiro, terá que devolver R$ 1.748, 29 aos cofres públicos e a superintendente de Assistência Social Ângela Maria Gonçalves deverá entregar R$ 11.659,06. Esses valores ainda deverão ser atualizados monetariamente.

Com multas avaliadas em R$ 3 mil, a superintendente de Inclusão e Assistência Alimentar Marlúcia Alves Nunes e Raimundo Nonato Teixeira Filho doFundo Estadual de Assistência Social, também deverão devolver a quantia aos cofres públicos.

Notícias relacionadas

[Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado]
Bahia

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:18 em Bahia

​​​​​​​A decisão diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrang...