Bahia

Alagoinhas: Joaquim Neto é multado por participação de Kannário em passeata

A Justiça Eleitoral condenou a coligação "Juntos por Alagoinhas”, do prefeito eleito Joaquim Neto (DEM), a pagar uma multa de R$ 75 mil por ter infringido uma ordem judicial. A medida proibia que o cantor Igor Kannário, candidato a vereador na época, participasse de uma caminhada de campanha que aconteceu no dia 24 de setembro no município. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução /Facebook

Por Laura Lorenzo no dia 06 de Outubro de 2016 ⋅ 16:04

A Justiça Eleitoral condenou a coligação  “Juntos por Alagoinhas”, do prefeito eleito de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), a pagar uma multa de R$ 75 mil por ter infringido uma ordem judicial que proibia que o cantor Igor Kannário, candidato a vereador na época, participasse de uma caminhada de campanha que aconteceu no dia 24 de setembro. 

De acordo com a sentença do Juiz Fábio Falcão Santos, da 163ª Justiça Eleitoral, a coligação terá que pagar uma multa de R$ 25 mil por publicidade irregular e mais R$ 50 mil pela transgressão da liminar que proibia que o pagodeiro participasse da caminhada. 

Ação se deu por causa de uma denúncia da coligação “Alagoinhas Cidade Ideal”, de Sônia Fontes (PSB), que concorreu à eleição de prefeita com Neto, mas ficou em segundo lugar

A coligação “Juntos por Alagoinhas" entrou com um recurso sobre a decisão nesta quarta-feira (5), alegando que o evento aconteceu dentro das regras estabelecidas pela legislação eleitoral.

Notícias relacionadas