Bahia

Governo entrega maternidade do Hospital Regional de Guanambi

O governador Rui Costa entregou nesta sexta-feira (7) a nova maternidade do Hospital Regional de Guanambi (HRG), com 32 leitos. O novo equipamento foi entregue à população do sudoeste baiano, juntamente com um tomógrafo, aparelho que faz parte da primeira fase do novo Centro de BioImagem da unidade. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Pedro Moraes/GOVBA

Por Matheus Simoni no dia 07 de Outubro de 2016 ⋅ 14:19

O governador Rui Costa entregou nesta sexta-feira (7) a nova maternidade do Hospital Regional de Guanambi (HRG), com 32 leitos. O novo equipamento foi entregue à população do sudoeste baiano, juntamente com um tomógrafo, aparelho que faz parte da primeira fase do novo Centro de BioImagem da unidade. 

O Hospital Regional de Guanambi é classificada como unidade de referência em pronto atendimento (urgência e emergência) da microrregião, que abrange o atendimento a 37 municípios, com população estimada de 586 mil habitantes. O HRG atende toda gestação de alto risco, com clínica pediátrica, cirúrgica, obstetrícia, incluindo dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quatro de Semi UTI, dez de UTI neonatal e dez de Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) neonatal. 

O governador ainda destacou que a entrega do tomógrafo é um primeiro passo para a Parceria Público Privada (PPP) de Imagem, que está requalificando e levando para o HRG a possibilidade de novos procedimentos que não eram feitos por falta de equipamentos. "Com isso, ganham os profissionais, médicos e enfermeiros e também o povo, não só de Guanambi, mas de toda a região", disse o chefe do Executivo estadual.  

A implantação da Parceria Público Privado (PPP) de Diagnóstico por Imagem no Hospital Regional de Guanambi (HRG) contemplou nessa primeira etapa a reforma da sala de tomografia e instalação de um novo equipamento, mais moderno e eficaz. O novo tomógrafo de 16 canais, adquirido ao custo de aproximadamente R$ 1,08 milhão, permitirá a realização de exames mais complexos, com maior velocidade e melhor qualidade de imagem. Além disso, este novo equipamento possibilitará a realização de exames de angiotomografia.

A PPP também disponibilizará as imagens digitais captadas nos mais diversos ambientes do Hospital, através de uma rede de computadores de alta velocidade, e os respectivos laudos que serão elaborados na Central de Imagem 24 horas. Entre obras da reforma, instalações, equipamentos e periféricos, serão investidos aproximadamente R$ 4,5 milhões, ao término da reforma. Desde que a Rede Brasileira de Diagnósticos (RBD) assumiu os serviços, em novembro de 2015, já foram realizados cerca de 18.300 exames de Raio X, 2.600 exames de Tomografia e 1.600 exames de Mamografia.

Ao todo, foram investidos para a implantação da PPP Diagnóstico por Imagem mais de R$ 80,2 milhões. A PPP vai reestruturar e gerir os serviços de apoio ao diagnóstico por imagem em 11 unidades da rede estadual e em uma central de imagem a ser construída pelo parceiro privado, que terá capacidade para atender aos 43 hospitais da rede pública. O projeto prevê a prestação dos serviços de tomografia, ressonância, mamografia e raios X e pretende aumentar a oferta de exames em até 600% na Bahia.

Os hospitais estarão integrados a uma Central de Laudos, em Salvador, que vai permitir a unificação de toda a rede. O paciente vai poder fazer os exames no interior e o laudo será acessível na capital ou em outra cidade pela internet. Essa é a primeira experiência de gestão privada do sistema de diagnóstico na área de bioimagem do setor público, por meio do modelo PPP. Segundo o governo, a iniciativa representará uma grande economia para o Estado, por reduzir o tempo de internamento de pacientes à espera dos resultados de exames, além de garantir atualização periódica da tecnologia, já que os investimentos estão previstos no contrato de concessão. 

O projeto contempla, nesta primeira fase, os hospitais Ernesto Simões Filho, Geral do Estado, Octávio Mangabeira, o Centro Estadual de Oncologia (Cican), Instituto Couto Maia (todos em Salvador) e mais o Geral de Camaçari, Menandro de Faria (Lauro de Freitas), Regional de Guanambi, Geral de Vitória da Conquista, Prado Valadares (Jequié) e Luís Viana Filho (Ilhéus).

Notícias relacionadas

[Bahia sediará Jogos Universitários Brasileiros em 2019]
Bahia

Bahia sediará Jogos Universitários Brasileiros em 2019

Por Daniel Brito no dia 10 de Novembro de 2018 ⋅ 16:00 em Bahia

O anúncio foi feito durante a 66ª edição dos jogos, em Maringá, no Paraná; as competições estão previstas para serem iniciadas no mês de novembro