Bahia

"É um risco", diz diretor do Detran sobre habilitação para menores de 18 anos

Ao retornar do Fórum que discutiu o impacto da redução da maioridade penal no acesso à primeira carteira de habilitação, em Brasília, o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), Maurício Bacelar, disse estar convencido que permitir aos jovens de 16 e 17 anos o direito de dirigir é um risco para a segurança de condutores e pedestres. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Detran

Por Bárbara Gomes no dia 14 de Julho de 2015 ⋅ 14:54

Ao retornar do Fórum que discutiu o impacto da redução da maioridade penal no acesso à primeira carteira de habilitação, em Brasília, o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), Maurício Bacelar, disse estar convencido que permitir aos jovens de 16 e 17 anos o direito de dirigir é um risco para a segurança de condutores e pedestres. Barcelar afirmou que os jovens são as principais vítimas de acidentes, sendo uma justificativa consistente para não liberar a habilitação aos menores de 18 anos.

Para o diretor do Detran, a redução da mairidade é uma questão delicada. “Se com o limite de 18 anos temos hoje uma epidemia no trânsito, responsável pela morte de jovens entre 15 e 29 anos de idade, o que esperar das ruas e estradas com adolescentes habilitados a dirigir?”, questionou.

Bacelar defendeu mais investimentos em campanhas educativas de conscientização e direcionadas às crianças e aos adolescentes. “O Detran da Bahia tem priorizado as ações educativas, porque acreditamos que esse seja o caminho para um trânsito seguro. Temos a campanha 'Balada Consciente' da Lei Seca, as aulas de noções de tráfego para crianças e a capacitação de condutores, focada na direção defensiva”, destacou.

Notícias relacionadas