Bahia

Prefeito de Baixa Grande é multado por extrapolar limites de gastos com pessoal

O prefeito da cidade de Baixa Grande, Pedro Lima Neto, foi multado em mais de R$ 25 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) após extrapolar o limite de gastos com pessoal em 2015. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Jornal da Chapada

Por Matheus Morais no dia 21 de Outubro de 2016 ⋅ 09:47

O prefeito da cidade de Baixa Grande, Pedro Lima Neto, foi multado em mais de R$ 25 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) após extrapolar o limite de gastos com pessoal em 2015. O órgão determinou o ressarcimento aos cofres municipais de R$9.618,09, com recursos pessoais, sendo R$8.459,64 pelo pagamento de despesas em valores superiores aos estabelecidos nos contratos e R$1.158,45 devido a despesas ilegítimas com juros e multas por atraso de pagamentos.

A administração de Lima gastou R$ 21.652.960,67, equivalente a 61,74% da receita corrente líquida, quando o máximo permitido é 54%. O prefeito deixou de adotar as medidas cabíveis para a redução dos gastos mesmo após advertência do TCM. Ainda cabe recurso da decisão. 

Notícias relacionadas