Bahia

MPF denuncia sete pessoas na Bahia por fraude de R$ 3,5 milhões contra a Caixa

O Ministério Público Federal denunciou, sete pessoas suspeitas de aplicar fraudes no interior da Bahia que causaram prejuízo de R$ 3,5 milhões à Caixa Econômica Federal. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (21). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto :Marcos Santos/USP Imagens

Por Luiza Leão no dia 21 de Outubro de 2016 ⋅ 15:42

O Ministério Público Federal denunciou sete pessoas suspeitas de aplicar fraudes no interior da Bahia que causaram prejuízo de R$ 3,5 milhões à Caixa Econômica Federal. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (21).  

De acordo com o MPF, elas são investigadas por constituir e operar 17 empresas de fachada. Com isso, de maneira fraudulenta, obtiveram 32 empréstimos que nunca foram quitados, junto a agências do banco nos municípios baianos de Ilhéus e Itabuna. 

As investigações apontaram que um gerente de atendimento de pessoa jurídica das agências das duas cidades. Integrante da quadrilha, ele autorizava indevidamente a concessão das operações de crédito em benefício das empresas, burlando as regras do banco.

Os suspeitos devem passar por sanções previstas para o crime do art. 171 do Código Penal, que consiste em obter vantagem ilícita em prejuízo alheio, cuja pena é de reclusão, de um a cinco anos, e multa. A Caixa deverá ser ressarcida pelos danos.

Notícias relacionadas