Bahia

Prefeitura de Feira diz que "não foi ouvida" antes de suspensão do BRT

A prefeitura de Feira de Santana divulgou nesta quinta-feira (16) uma nota pública em que critica a decisão do 1ª Vara da Fazenda Pública, Roque Rui Barbosa, que determinou nesta quarta (15) a suspensão das obras do BRT (Bus Rapid Transit) na cidade. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Prefeitura de Feira de Santana

Por Juliana Almirante no dia 16 de Julho de 2015 ⋅ 11:09

A prefeitura de Feira de Santana divulgou nesta quinta-feira (16) uma nota pública em que critica a decisão do 1ª Vara da Fazenda Pública, Roque Rui Barbosa, que determinou nesta quarta (15) a suspensão das obras do BRT (Bus Rapid Transit) na cidade. A determinação judicial foi baseada em ação movida pela Defensoria Pública do Estado.

“Os ilustres integrantes da Defensoria Pública acionaram o excelentíssimo juiz substituto Roque Rui Barbosa com a mesma petição das medidas anteriores [todas indeferidas]. Desta vez, ainda sem que o Município fosse previamente ouvido, decidiu-se liminarmente pela suspensão das obras do BRT”, diz o comunicado. 

De acordo com o juiz, a Defensoria argumentou que o transporte não atende às necessidades da população carente e resulta em impacto ambiental, devido à retirada de árvores. O procurador do município, Cleidson Santos Almeida, já sinalizou que a Prefeitura de Feira de Santana foi notificada da decisão e que irá recorrer.

Notícias relacionadas

[Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado]
Bahia

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:18 em Bahia

​​​​​​​A decisão diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrang...