Bahia

Quadriciclo não é brinquedo: Detran flagra irregularidades em Praia do Forte

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) realizou, nesse sábado (05), a segunda edição da campanha educativa " Quadriciclo não é brinquedo". Durante a fiscalização, em Praia do Forte, no litoral norte baiano, o órgão flagrou o uso irregular dos veículos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Detran-BA

Por Camila Tíssia no dia 06 de Novembro de 2016 ⋅ 11:26

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) realizou, nesse sábado (05), a segunda edição da campanha educativa " Quadriciclo não é brinquedo". Durante a fiscalização, em Praia do Forte, no litoral norte baiano, o órgão flagrou o uso irregular dos veículos. 

De acordo com a servidora do Detran, Marcelle Andrade, houve a distribuição de material informativo sobre legislação e os riscos de acidentes. "Encontramos dez quadriciclos sem emplacamento e condutores sem habilitação e capacete, mas sabemos que o número é bem maior. O mais grave é ver crianças pilotando, com o consentimento dos pais. Hoje, estamos apenas orientando, mas a blitz vem aí vai punir os infratores", alertou.

O supervisor de um condomínio da região Daniel Higa, 45 anos, relatou que vê com frequência crianças e adolescentes pilotando quadriciclos em Praia do Forte. "Durante os feriados e no verão é ainda pior. Eles não usam capacete ou qualquer tipo de equipamento de segurança. Sem contar que ainda levam mais de três pessoas na garupa e fazem manobras perigosas".

O administrador de empresas Adalberto Cardoso, 58 anos, foi surpreendido pela campanha quando se preparava para dirigir o quadriciclo de forma irregular. "Não sabia sobre emplacamento e nem o tipo de capacete obrigatório. Agora vou ficar legalizado, porque, se está na lei, temos que cumprir. Esse alerta do Detran foi importante para tirar minhas dúvidas", disse.

A circulação de quadriciclos em vias urbanas foi regulamentada pelo resolução 573 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em dezembro de 2015. Os veículos precisam ser registrados e licenciados no Detran e os condutores devem ter habilitação categoria B, a mesma para carros. O uso de capacete e viseira é obrigatório para condutor e passageiros. As regras valem também para o modelo de veículo elétrico de quatro rodas, com cabine fechada. Neste caso, o cinto de segurança e airbag frontal são obrigatórios. 

Notícias relacionadas

[Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado]
Bahia

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:18 em Bahia

​​​​​​​A decisão diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrang...