Bahia

Governo e Sebrae firmam parceria para empreendedorismo negro e de mulheres

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) assinou na última sexta-feira (17) um protocolo de intenções com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Sebrae-BA). O ato, que aconteceu na sede do Sebrae, contou com a participação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 19 de Julho de 2015 ⋅ 16:30

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) assinou na última sexta-feira (17) um protocolo de intenções com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Sebrae-BA). O ato, que aconteceu na sede do Sebrae, contou com a participação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Para a secretária da SPM-BA, Olívia Santana, o acordo é importante para promover o empoderamento das mulheres baianas. "Através do termo de cooperação, todo o suporte técnico e institucional será realizado para ampliar a formalização e o desenvolvimento de novas empreendedoras que, como consequência, expandirá a geração de emprego e renda e o fortalecimento de políticas de promoção da igualdade de gênero", afirmou. Além de Olívia, o superintendente do Sebrae-BA, Adhvan Furtado e a secretária da Sepromi, Vera Lúcia, representaram os órgãos envolvidos no acordo.

De acordo com a secretária da Sepromi, a iniciativa é pioneira e considerada um marco para a agenda das políticas públicas voltadas à inclusão, produtividade e o desenvolvimento sustentável de empreendimentos liderados pela população negra e pelo segmento feminino. “São compromissos para colocar em prática uma legislação que já existe para o empreendedorismo étnico e de gênero. O povo negro precisa de incentivo à autonomia para geração de renda. Com esse protocolo atuaremos para potencializar ações que sejam traduzidas na melhoria de vida da população negra e das mulheres”, disse Vera Lúcia. Ela ainda ressaltou a implementação de uma comissão gestora, coordenada pela Sepromi, responsável pelo monitoramento da política estadual em vigor.

Notícias relacionadas

[Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado]
Bahia

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:18 em Bahia

​​​​​​​A decisão diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrang...