Bahia

Rui diz que prioridade baiana em verba federal deve ser das encostas, não do BRT

O governador Rui Costa entregou, nesta terça-feira (21), obras de contenção de encostas nos bairros de Cajazeiras, Pau da Lima e Vila Canária. Na ocasião, perguntado pelo Metro1 sobre uma eventual interferência do governo com o Ministério das Cidades para o desenrolar da verba esperada pela Prefeitura de Salvador para o BRT Lapa-LIP, o petista explicou que, se o dinheiro não for suficiente para as encostas e o corredor de ônibus, ele deve ser aplicado prioritariamente nas encostas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Manu Dias/GovBA

Por Felipe Paranhos no dia 21 de Julho de 2015 ⋅ 13:11

O governador Rui Costa entregou, nesta terça-feira (21), obras de contenção de encostas nos bairros de Cajazeiras, Pau da Lima e Vila Canária. Na ocasião, perguntado pelo Metro1 sobre uma eventual interferência do governo com o Ministério das Cidades para o desenrolar da verba esperada pela Prefeitura de Salvador para o BRT Lapa-LIP, o petista explicou que, se o dinheiro não for suficiente para as encostas e o corredor de ônibus, ele deve ser aplicado prioritariamente nas encostas. 

"Temos buscado ajudar com todos os recursos de Brasília. Mas, evidentemente, nós estamos acompanhando a dificuldade macroeconômica do governo federal. Eu, por exemplo, tenho o projeto do VLT [veículo leve sobre trilhos, para substituir o trem do Subúrbio], que eu não tive ainda autorização pra licitar. Então é assim: no momento de dificuldade, as obras ficam adiadas durante um tempo, e o governo federal, acredito, está tomando fôlego financeiro pra dar início a essas obras. Eu amanhã estou indo lá e vou cobrar o VLT com o ministro das Cidades e o da Integração Nacional. Agora, eu digo a você: se ele me disser 'só tenho R$ 200 milhões pra Salvador', eu vou dizer a ele que eu preciso desses R$ 200 milhões para as encostas, porque o BRT é importante, mas, comparado com essas encostas, esse ano morreram 22, 23 pessoas. E nós precisamos salvar essas vidas", explicou. 

Segundo Rui, a prioridade da contenção não implica deixar de cobrar a verba para outras obras em Salvador. "O que precisamos de imediato é esse dinheiro das encostas. Os outros projetos eu vou perguntar como é que estão e quero planejamento pra isso. Mas, como vocês estão vendo, me acompanhando toda semana, é urgente essa questão das encostas, porque são vidas humanas, crianças, idosos, que precisam ser salvos", falou. 

Recentemente, em entrevista à Metrópole, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, declarou que "em breve" sairia a verba federal para o BRT da Prefeitura. Quando Mário Kertész questionou se esta brevidade se referia a um período de tempo entre uma semana e dez dias, o ministro escorregou. "Está muito próximo. Em breve estaremos fazendo uma grande festa”, prometeu.

Notícias relacionadas

[Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado]
Bahia

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:18 em Bahia

​​​​​​​A decisão diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrang...