Bahia

Para vice-reitor da Ufba, será preciso “muito empenho” para deixar a crise

Em entrevista á Rádio Metrópole nessa segunda-feira (27) o vice-reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Paulo Miguez, comentou a crise enfrentada por todas as instituições de ensino do país por conta do corte de verbas por parte do governo federal. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Bárbara Silveira/ Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 27 de Julho de 2015 ⋅ 08:21

Em entrevista á Rádio Metrópole nessa segunda-feira (27) o vice-reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Paulo Miguez, comentou a crise enfrentada por todas as instituições de ensino do país por conta do corte de verbas por parte do governo federal.

“Essa crise por que passam todas as universidades certamente vai exigir um cuidado muito grande do ministério no trata com todas. Cada universidade é diferente, há universidades que vão lidar apenas com o corte, que se junto do ponto de vista do orçamento, com uma situação mais complicada, todo o esforço tem sido feito junto ao Ministério. Vamos precisar de muito empenho”, opina.

Ainda segundo Miguez, apesar do panorama de recessão, o Ministério da Educação vai saber lidar com a situação da melhor forma. "O ministro Janine é um intelectual e vai poder contribuir com a educação, mas existem secretários competentes, o ministro não está numa posição de ausência e de falta de intimidade, a presença forte de outros secretários são mais operacionais”, afirma.

Notícias relacionadas