Bahia

Presídio de Feira de Santana transfere 17 supostos líderes de rebelião

No final da manhã desta segunda-feira (26), 17 presos apontados pela polícia como os lideres da rebelião no pavilhão 10 do presídio de Feira de Santana foram transferidos para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha (a 200 km de Salvador). A transferência ocorreu 24 horas após o final do motim, que teve duração de 18 horas,com 9 detentos mortos e mais de quatro feridos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Bárbara Gomes no dia 26 de Maio de 2015 ⋅ 16:38

No final da manhã desta segunda-feira (26), 17 presos apontados pela polícia como os lideres da rebelião no pavilhão 10 do presídio de Feira de Santana foram transferidos para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha (a 200 km de Salvador). A transferência ocorreu 24 horas após o final do motim, que teve duração de 18 horas,  com 9 detentos mortos e mais de quatro feridos. 

Conforme a polícia, a rebelião foi provocada por disputa entre facções rivais. Vale ressaltar que a penitenciária de Feira de Santana tem capacidade para 608 detentos, mas abriga em torno de 1.500. No pavilhão 10, onde houve o motim, a capacidade era de 152 presos e tinha no último domingo, 340.

Notícias relacionadas