Bahia

Família de trabalhador morto no Polo deve receber indenização de R$ 2 milhões

A justiça determinou que a família de Ednaldo Barros da Silva, que morreu em 2011 após cair em cima de canos de ureia, receba uma indenização no valor de R$ 2,23 milhões [ leia mais...]

[Família de trabalhador morto no Polo deve receber indenização de R$ 2 milhões]
Foto : Manu Dias/SECOM

Por Bárbara Silveira no dia 17 de Março de 2017 ⋅ 11:34

A justiça determinou que a família de Ednaldo Barros da Silva, que morreu em 2011 após cair em cima de canos de ureia, receba uma indenização no valor de R$ 2,23 milhões.

Ednaldo era funcionário da empresa MSC Serviços Técnicos, terceirizada contratada para atuar na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), no polo industrial de Camaçari, e trabalhava a cerca de 50 metros de altura quando caiu. 

De acordo com a decisão da juíza Marylúcia Leonesy da Silveira, da 28ª Vara do Trabalho de Salvador, divulgada no início de fevereiro, o laudo da perícia mostrou  que a corda de sustentação do funcionário se rompeu por desgaste em razão de contato com ácido sulfúrico, material altamente corrosivo.

Segundo a juíza, a indenização deve ser dividida entre os pais, dois irmãos e a mulher do trabalhador. A decisão ainda cabe recurso. 

 

Notícias relacionadas

[Obama revela desejo de conhecer a Bahia]
Bahia

Obama revela desejo de conhecer a Bahia

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Abril de 2019 ⋅ 08:00 em Bahia

O ex-presidente enumerou outros lugares que gostaria de conhecer, citando Chile e Argentina, com destaque para região da Patagônia