Bahia

Água para todos tem contratos suspensos por dívida e fica ameaçado

O governo Dilma Rousseff está prestes a sofrer mais um duro golpe: segundo a coluna Radar Online, da revista Veja, os contratos para a implantação de 33 mil cisternas do programa Água Para Todos estão suspensos por falta de pagamento. As ações do projeto atingem Bahia, Ceará, Minas Gerais e Piauí. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Elói Corrêa/GovBA

Por Felipe Paranhos no dia 18 de Agosto de 2015 ⋅ 08:54

O governo Dilma Rousseff está prestes a sofrer mais um duro golpe: segundo a coluna Radar Online, da revista Veja, os contratos para a implantação de 33 mil cisternas do programa Água Para Todos estão suspensos por falta de pagamento. As ações do projeto atingem Bahia, Ceará, Minas Gerais e Piauí.

As dívidas se acumulam por parte dos ministérios da Saúde, do Desenvolvimento Social e da Integração, que estão há três meses sem cumprir com sua parte nos contratos. O valor devido já chega a R$ 350 milhões.

Notícias relacionadas