Bahia

Funcionários da UFBA entram em greve por tempo indeterminado

3.500 funcionários da UFBA entram em greve nesta quinta-feira (28). Os trabalhadores administrativos da universidade reivindicam reajuste salarial de 27%. ]Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Gomes no dia 28 de Maio de 2015 ⋅ 14:33

Os funcionários técnicos e administrativos da Universidade Federal da Bahia (UFBA) deflagraram greve nesta quinta-feira (28). Em contato com o Metro1, o coordenador do sindicatos dos trabalhadores administrativos da universidade (Assufba), Renato Jorge, informou que a partir da segunda-feira (01), os trabalhadores esvaziarão os departamentos, parando totalmente as atividades. Mas haverá o serviço em alguns casos, como o pagamento dos terceirizados e questões referentes a manutenção dos recursos da universidade.

Conforme o coordenador do sindicato, a UFBA tem 3.500 funcionários técnico-administrativos. Umas das reivindicações dos trabalhadores é o reajuste salarial de 27%. "Também queremos a ampliação do funcionamento da universidade, das 7h às 22h, em turnos contínuos", disse Renato Jorge. Ele garantiu que, com a greve, os hospitais da instituição irão funcionar com um regime de escala para não prejudicar o atendimento.

Renato Jorge chamou a atenção para o hopital Climério de Oliveira, de responsabilidade da universidade, e com superlotação de 300% acima do permitido. "Se você chegar no hospital vai encontrar pacientes em cadeiras e macas nos corredores".

 

Notícias relacionadas