Bahia

Programa Mais Médicos atendeu mais de cinco milhões de baianos desde 2013

O programa Mais Médicos foi criado em 2013 e desde então cinco milhões de pacientes foram atendidos pelos mais de 2,5 mil profissionais cubanos que prestam serviço em 315 municípios do estado e 16 territórios indígenas. [Leia mais...]

[Programa Mais Médicos atendeu mais de cinco milhões de baianos desde 2013]
Foto : Alberto Coutinho/GOVBA

Por Laura Lorenzo no dia 19 de Setembro de 2017 ⋅ 15:58

O programa Mais Médicos foi criado em 2013 e desde então cinco milhões de pacientes foram atendidos pelos mais de 2,5 mil profissionais cubanos que prestam serviço em 315 municípios do estado e 16 territórios indígenas. Os dados foram anunciados nesta terça-feira (19) pelo embaixador de Cuba, Rolando Gómez, durante encontro com o governador Rui Costa e os secretários da Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, e de Relações Institucionais, Josias Gomes.

Mais de 778 mil consultas médicas são realizadas por mês na Bahia, no âmbito da Atenção Básica, por meio do programa, que funciona com médicos brasileiros formados no Brasil, médicos brasileiros e estrangeiros voluntários formados em diversos países (intercambistas individuais) e médicos cubanos (intercambistas cooperados) através de convênio com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS).

“Este programa que trouxe um grande número de médicos cubanos e que, progressivamente, têm sido substituídos por médicos brasileiros, foi responsável pela expansão da atenção primária, levando médicos para municípios e bairros onde muitos profissionais brasileiros não se sentiam motivados para trabalhar. Já podemos mensurar o efeito desta presença com a melhoria da saúde em vários segmentos”, afirmou Vilas Boas.

Notícias relacionadas