Bahia

Estado convoca mais de 720 servidores não localizados em suas funções

Mais de 120 mil funcionários públicos do estado da Bahia atualizaram seus dados cadastrais, na primeira fase do recadastramento da Secretaria de Administração estadual (Saeb). Mas, 723 servidores não foram localizados pelos seus chefes imediatos, nem pelas Diretorias Administrativas dos seus órgãos. [Leia mais....]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Gomes no dia 23 de Agosto de 2015 ⋅ 14:32

Mais de 120 mil funcionários públicos do estado da Bahia atualizaram seus dados cadastrais, na primeira fase do recadastramento da Secretaria de Administração estadual (Saeb). Mas, 723 servidores não foram localizados pelos seus chefes imediatos, nem pelas Diretorias Administrativas dos seus órgãos.

A secretaria informou que a maior parte é composta por servidores que estão cedidos às prefeituras, exercendo as atividades em outros municípios. O governo alerta que para não serem retirados da folha de pagamento do mês de agosto, eles devem encaminhar à Saeb, até o próximo dia 26, formulário de recadastramento junto com um ofício do seu órgão de origem. 

O Estado calculou que se todos os servidores procurados não forem encontrados, vai haver uma economia mensal de R$ 2,9 milhões. A maioria dos funcionários "desaparecidos" é lotada na Secretaria da Saúde (537). Além da Secretaria da Educação, com 180 trabalhadores nessa situação. Já a Polícia Civil conta com três não localizados e outros três da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Notícias relacionadas