Bahia

Turista terá que pagar taxa para acessar ilhas do Morro de São Paulo e Boipeba

A Prefeitura de Cairu anunciou, nesta quinta-feira (21), que será cobrada uma taxa que varia entre R$ 15 e R$ 20a turistas que visitarem o Arquipélago de Tinharé, onde ficam as ilhas de Morro de São Paulo, Boipeba, Garapuá e Moreré, região turística da Bahia. A lei da cobrança da Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) foi aprovada pela Câmara de Vereadores no dia 22 de agosto e publicada no Diário Oficial em 15 de setembro.[Leia mais...]

[Turista terá que pagar taxa para acessar ilhas do Morro de São Paulo e Boipeba]
Foto : Divulgação/ Rita Barreto/ Saltur

Por Paloma Morais no dia 21 de Setembro de 2017 ⋅ 14:51

A Prefeitura de Cairu anunciou, nesta quinta-feira (21), que será cobrada uma taxa que varia entre R$ 15 e R$ 20  a turistas que visitarem o Arquipélago de Tinharé, onde ficam as ilhas do Morro de São Paulo, Boipeba, Garapuá e Moreré, região turística da Bahia. A lei da cobrança da Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) foi aprovada pela Câmara de Vereadores no dia 22 de agosto e publicada no Diário Oficial em 15 de setembro.

De acordo com a gestão do município, os recursos arrecadados serão utilizados para melhoria dos serviços turísticos e preservação do patrimônio do Arquipélago de Tinharé. Ainda segundo a prefeitura, os valores vão variar conforme fluxo de turistas nas ilhas, e também com base no aumento de despesas para a manutenção do patrimônio. O início da cobrança ainda não tem data definida.

Notícias relacionadas

[Obama revela desejo de conhecer a Bahia]
Bahia

Obama revela desejo de conhecer a Bahia

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Abril de 2019 ⋅ 08:00 em Bahia

O ex-presidente enumerou outros lugares que gostaria de conhecer, citando Chile e Argentina, com destaque para região da Patagônia

[PRF começa operação Semana Santa nesta quinta]
Bahia

PRF começa operação Semana Santa nesta quinta

Por Kamille Martinho no dia 16 de Abril de 2019 ⋅ 20:30 em Bahia

Fiscalização tem o objetivo de reforçar o policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de criminalidade e acidentes graves