Bahia

Reunião entre Rui e hoteleiros vai discutir futuro do Centro de Convenções

Ainda este mês está previsto uma reunião entre o governador Rui Costa e lideranças do setor para a definição dos próximos rumos do Centro de Convenções.

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Milene Rios no dia 02 de Junho de 2015 ⋅ 08:41

O presidente da seccional baiana da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA), Manolo Garrido, comentou sobre a reforma do Centro de Convenções da Bahia, que tem sido alvo de críticas, pelo estado em que se encontra. Para Garrido, a situação é emergencial, mas há de ter cautela para a elaboração de uma nova proposta. 

"Precisamos do Centro de Convenções e sem ele a baixa estação fica difícil. Isso reflete na baixa ocupação. A cidade está melhorando, mas dois anos é muito pouco. Estamos vivendo essa realidade que é triste. Defendemos maior entendimento para conhecer melhor o projeto. A transferência de um centro não é tao fácil assim", destacou o presidente

Ainda este mês está previsto uma reunião entre o governador Rui Costa e lideranças do setor para a definição dos próximos rumos do Centro de Convenções. "Se você desloca para o Comércio, aumenta o custo do evento por conta do transporte. Esse custo de transporte vale a pena? Como chegar no comércio com 300 ônibus simultaneamente: como vamos fazer isso no comércio? Temos que estudar com o governador. Temos audiência com ele dia 9 agora e no dia 11 vamos ter a campanha do abraço ao centro de convenções. Essa reforma do centro é emergencial. Sabemos que é antigo, mas ali mesmo tem condição de construir outro", pontuou Garrido. 

Comentarios

Notícias relacionadas