Bahia

MP-BA abre inquérito contra delegado-geral da Polícia Civil

Adpeb alega que Bernardino Brito Filho realiza diversas remoções de profissionais 'sem motivação ou qualquer fundamentação jurídica'

[MP-BA abre inquérito contra delegado-geral da Polícia Civil]
Foto : Tânia Rêgo / Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 22 de Setembro de 2018 ⋅ 16:30

Após denúncias da Adpeb (Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado da Bahia), o MP-BA (Ministério Público estadual) abriu um inquérito contra o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho, por irregularidades na remoção de delegados na capital e no interior.

A associação alega que Bernardino realiza diversas remoções de profissionais “sem motivação ou qualquer fundamentação jurídica”. O MP-BA já havia aberto, em fevereiro de 2018, um procedimento de investigação preliminar contra o delegado-geral para investigar ato de improbidade administrativa. O procedimento foi convertido em inquérito civil. 

De acordo com a Adpeb, as remoções devem obedecer aos princípios da legalidade, moralidade, publicidade, impessoalidade e eficiência, o que, segundo a entidade, não era seguido por Bernadito. A associação aponta ainda que as remoções provocam prejuízos morais e financeiros aos profissionais.

Notícias relacionadas