Bahia

Irará: Presidente interino da Câmara gastou mais de R$ 10 mil em oito dias, acusa titular

O presidente do Legislativo irá representar ao Ministério Público as irregularidades

[Irará: Presidente interino da Câmara gastou mais de R$ 10 mil em oito dias, acusa titular ]
Foto : Google Maps

Por Alexandre Galvão no dia 27 de Setembro de 2018 ⋅ 15:40

Presidente da Câmara Municipal de Irará, no centro-norte da Bahia, o vereador Antonio César Melo acusou Genival Cerqueira de Pinho de ter gastado mais de R$ 10 mil da Casa nos oito dias em que presidiu o Legislativo. 

César do Manã, como é conhecido, tinha sido afastado do posto, depois, segundo ele, de uma "tentativa de um golpe", mas retornou após decisão da desembargadora Telma Britto.

Segundo o edil, dos R$ 10 mil, R$ 5 mil foram pagos ao escritório que ajuizou a ação popular que teve com finalidade afastá-lo do cargo e suspender a contratação de servidores. 

“É o sonho de qualquer profissional trabalhar por oito dias e receber R$ 5 mil. E é muito estranho que logo esse escritório tenha sido contratado e pago com o dinheiro da Câmara”, afirmou o presidente. 

Além disso, o interino destinou R$ 4,5 mil para a contratação de uma assessoria contábil, que fica em outro município. Não bastassem os gastos, o interino, em oito dias de mandato, se presenteou com duas diárias da Casa, no valor de R$ 309, cada. 

Presidente do Legislativo, Melo irá representar ao Ministério Público as irregularidades.

Notícias relacionadas