Bahia

Em Brasília, Vilas-Boas propõe estadualização do Mais Médicos

De acordo com o Secretário de Saúde da Bahia, a transferência facilitaria a administração do programa

[Em Brasília, Vilas-Boas propõe estadualização do Mais Médicos]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Daniel Brito no dia 28 de Novembro de 2018 ⋅ 19:00

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, sugeriu hoje (28), durante uma reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), em Brasília, a transferência da operacionalização do programa Mais Médicos para o controle dos governos estaduais. 

Segundo ele, a passagem da responsabilidade facilitaria a administração do programa. "A União assumiria o papel de regulação, monitoração, com a responsabilidade exclusiva de registro profissional de médicos intercambistas. E os estados poderão fazer uma gestão mais próxima do problema", propôs.

De acordo com o secretário, o repasse de recursos aconteceria diretamente da União aos estados e os custos de articulação e gestão com os municípios seriam assumidos pelas próprias unidades da federação. 

Dados da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS) apontam que, desde que Cuba decidiu encerrar o acordo, mais de 1,3 mil profissionais cubanos já deixaram seus postos de trabalho e retornaram ao país de origem.
 

Notícias relacionadas