Bahia

Refém relata pânico durante assalto no Conde: "rezava para não cair de carro"

Na última terça-feira (2), a agência do Banco do Brasil de Conde foi assaltada por um grupo de 14 criminosos, que fez 12 pessoas como reféns. Uma das vítimas da quadrilha, o segurança do banco Jadiel Oliveira, relatou a ação dos bandidos e contou sobre o pânico de ficar amarrado ao capô de um dos casos usados pelos criminosos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Matheus Simoni no dia 03 de Junho de 2015 ⋅ 19:00

Na última terça-feira (2), a agência do Banco do Brasil de Conde foi assaltada por um grupo de 14 criminosos, que fez 12 pessoas como reféns. Uma das vítimas da quadrilha, o segurança do banco Jadiel Oliveira, relatou a ação dos bandidos e contou sobre o pânico de ficar amarrado ao capô de um dos casos usados pelos criminosos.

Em entrevista ao jornal A Tarde, ele disse ter passado pelo "pior momento da vida". "Foi desesperador. Eu rezava para não cair e o carro passar por cima de mim", declarou. "Quando eles entraram, pegaram logo a minha arma e a do meu colega. Não tínhamos o que fazer. Eles estavam muito bem armados", disse o segurança. Eles foram obrigados a recolher o dinheiro de uma das lojas que ficavam próximas ao banco. 

Notícias relacionadas