Bahia

Diretor do grupo Aviva adianta novidades para complexo de Costa do Sauípe

Em entrevista à Rádio Metrópole, Heber Garrido falou sobre a abertura de um parque aquático e a reforma de um hotel no local

[Diretor do grupo Aviva adianta novidades para complexo de Costa do Sauípe ]
Foto : Reprodução / Panrotas

Por Daniel Brito no dia 03 de Abril de 2019 ⋅ 20:00

O diretor de experiências, marketing e vendas do grupo Aviva, Heber Garrido, falou hoje (2), em entrevista à Rádio Metrópole direto da WTM Latin America, em São Paulo, sobre as novidades do complexo de Costa do Sauípe, no litoral norte baiano, adquirido pela empresa no ano passado. Entre elas, está a abertura de um parque aquático no local, prevista para o final do ano que vem.  

“Vai ser um parque aquático temático, a exemplo do que a gente tem no Rio Quente. Lá, recebemos por dia de 5.000 a 6.000 pessoas por dia. É o que a gente tá projetando pra Sauípe também. Não vai mudar só Sauípe, mas também vai impactar toda a região”, adiantou.

Garrido destacou que as novidades estão sendo implantadas no local desde o último verão. “Estamos com novos restaurantes, fora do modelo inclusive, uma nova ala refeita, a gente já tá refazendo apartamentos. A grande novidade agora é a parada do Hotel Premium (antigo Softel Suítes). A gente para ele agora e só volta com a operação dele em outubro. Ele vai ser 100% reformado. Mas não é um retrofit [modernização de algum equipamento já considerado ultrapassado], é um novo hotel”, acrescentou.

A WTM Latin America atrai cerca de 9 mil executivos seniores e gera por volta de US$ 374 milhões em novos negócios. A feira acontece em São Paulo e conta com um público mundial que se reúne e define a direção da indústria de viagens e turismo. Mais de 8 mil visitantes únicos comparecem ao evento para fazer networking, negociar e descobrir as últimas novidades da indústria.

Notícias relacionadas

[Embasa nega favorecimento de empresas em contratos ]
Bahia

Embasa nega favorecimento de empresas em contratos 

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 07:58 em Bahia

“As dispensas de licitações são previstas legalmente para garantir a continuidade da prestação de serviços essenciais para população", diz a empresa